sexta-feira, 24 de setembro de 2010

A NAVE DOS MONSTROS - 1959

LA NAVE DE LOS MONSTRUOS
"THE SHIP OF MONSTERS"
Direção : Rogelio A. Gonzales




14 comentários:

  1. realmente , Falcão666 é um col"osso" duro de roer.
    Uma resposta kubrickiana a 2001 Uma Odisséia no Espaço que veio antes da pergunta.
    Como observação, as cenas em que Beta caminha fora da nave, são imagens reais feitas em 58 pela União Soviética.
    E repare como o foguete de Venus tem vários formatos diferentes à cada cena.
    Morram de inveja Chespirito e Chapolin e como diz a Lorena Velazquez, sigam-me os maus

    ResponderExcluir
  2. Caraca Cart , eu confesso que não conhecia esta esta perfeição do cinema, este tesouro da humanidade, eu estou feito criança esperando terminar o download!!!
    E as legendas foram traduzidas de onde ?

    ResponderExcluir
  3. peguei uma grade srt desconectada e fui linha por linha interpretando o linguajar nortista mexicano, que além de disparar frases rápidas e acumulativas, como na maioria das vezes, fazem com rimas de gírias só compreendidas pelo idioma de lá, por isso nem sempre pude ser fiel ao texto, mas fiz um esforço possível junto com o problema de sincronia inicial. Confesso que achei o resultado satisfatório, dentro das condições que o estilo metralhadora falante de El Piporro tem.
    Eu já tinha visto um filme anterior a esse chamado La Momia Azteca contra el Robot Humano que nada mais é que o próprio Robot desse filme(Torr), aproveitado pela Pelmex.Achei curioso, mas quando vi o The Ship of Monsters aí sim, me deliciei.
    Sempre quis rever durante décadas, mas só passou naquele cinema em São Lourenço, sabe-se lá como e nunca mais... Já La Momia Azteca rolou nas TVs Excelsior e TV Tupi com legendas que mal davam para ler fora do enquadramento, e passou nos cinemas em 58 (ano do lançamento) e fez relativo sucesso de público por aqui...lembro que minha família ficou bem assustada com o filme e queriam ir embora, tive que gastar um verbo pra ficar até o fim, acho que foi duas semanas depois de ver The Werewolf do Fred F Sears, que inaugurou o tal cinema.
    Posso dizer que a mesma sensação que senti quando vi Ship of... no cinema de São Lourenço eu senti novamente. É muito cult mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Cara vc me explicou uma coisa que inicialmente me intrigava, de onde vc traduziu pois procurei legendas em todas as linguas possiveis para tal e nunca tive sucesso, vc e foda quando penso em iniciar algo vc ja terminou hehehehe... isso e bom cara, pois to procurando tempo pra traduzir uma serie de filmes mexicanos, inclusive ja to no meio do caminho de um, mais estou aqui mesmo e simplesmente pra te agradecer cara mais uma vez muito obrigado!!!!

    ResponderExcluir
  5. opa mike, valeu, lembra que eu te perguntava ansioso, por esse "Ship of Monsters"quando voce postou o Brainiac do Abel Salazar ?
    Eu tinha assistido ele quando moleque e tava seco pra rever, fiquei muito contente enquanto traduzia porque ia lembrando de tudo...
    Voce tem a do Robot versus el Momia Azteca ? Esse aí é outra tijolada...
    Se quiser pode passar o Ship of Monster pro seu blog também, estamos aqui para dar força geral e que mais e mais pessoas tenham acesso à essas .....como diria o Godinez na escolinha do Pf Girafales : "A S P É R O L A S!!!!!!!"

    ResponderExcluir
  6. Cara o La Momia Azteca contra el Robot Humano (The Robot versus the Aztec Mummy) se for esse acho q tenho sim vou vasculhar aki, me passa um contato seu direto cara pra podermos voltar a trocar ideias e otimo trabalho!!!

    Ps; mikesoaress@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. eh cart, essa é o tipo da postagem que te deixa feliz da vida, né? =D

    já consegui aqueles dois filmes que voce falou, o dos sonhos e o delicatessen, agora é tempo pra assistir

    beijo e um domingo maravilhoso procê !!!

    ResponderExcluir
  8. Mas esse é uma pérola mesmo, kkkk. Baixado. Com certeza desse ser pelo menos curioso. É um tempo que não volta mais, somente dos desvaneios dos corajosos blogueiros, como vcs, Carlos e Cartwright. Muito obrigado por esse belo lançamento (mais um) do Cine Space Monster!!!

    Ab. Chusma

    ResponderExcluir
  9. valeu Chusma, eu acho Ship of Monsters imperdível, um delirium tremus no mundo do cinema trashão e bem humorado.
    Tem uma música do Piporro no final bem na linha do Buena Vista Social Club,que ele canta com a Lorena Velazquez mexendo os quadris mais que Rita Cadillac no sio.
    Ela e a Diana Rigs da série The Avengers, foram minhas musas de banheiro na pré adolescencia. Quando Lorena teve no Brasil, acho que em 63 e participou do programa Noite de Gala na TV Rio de maiô Catalina eu fiquei mais pilhado que tarado com overdose de Viagra.
    É o tipo do filme feito com espontânea alegria e dedicação, mesmo com todo o amadorismo e quase nenhum recurso financeiro.
    Delícia pura.

    ResponderExcluir
  10. oi, Acullen, vai ficar feliz de ver os 2 filmes da dupla Jeunet e Caro. São fábulas do absurdo real, do sonho acordado.
    Certeza que voce vai postar eles.

    ResponderExcluir
  11. Cart, esse é o tipo de filme que eu duvido que fosse lançado no mercado de Home Video atual, ou mesmo na Tv à cabo (Telecine, depois que virou Cult, diminuiu bastante a sua quantidade de raridades; TCM exibe pouquissimos filmes que não sejam americanos). Então nós, fãs do cinema sob todos os prismas (incluindo o bom e velho sci-fi dos anos 1950) ficamos felizes com iniciativas como a desse blog, trabalho que deve dar, literalmente, muito trabalho, na medida que tem que traduzir legenda (ou ripar DVDs que nunca ninguém acha por aí,fazer o upload e quase sempre uma ótima análise. Tem aí o meu muito obrigado.

    Ab. Chusma (postando com meu perfil real, hehe).

    ResponderExcluir
  12. eu pessoalmente fiquei muito feliz em bater de frente com essa pérola mexicana, porque fez parte da minha infância e me encantou na época que vi no cinema...devido à essa realidade distante do mercado brasileiro aos cults desses tipos de segmento de cinema, achava que nunca mais veria de novo, que seria apenas parte da minha memória interior.
    Quando achei os links foi uma enorme felicidade, tinha que compartilhar, pois sei que existem muitas cabeças pensantes como a sua, Gustavo, e o trabalho é compensador por isso.
    A gente colabora em tornar acessível o que gostaríamos tanto de conhecer ou rever e jamais poderemos esperar isso das distribuidoras e canais de Tv, que não sabem operar um mercado diversificado ficando só focados no samba de uma nota só.

    ResponderExcluir
  13. Assisti ontem, realmente uma pérola... as venusianas são lindas e morri de rir com o Piporro chamando o Torr de Trator... kkk

    ResponderExcluir

Para os que comentam anônimos, por não serem membros, pedimos que coloquem seus nomes ou apelidos no final ou inicío da mensagem