sexta-feira, 12 de setembro de 2014

THE GREEN SLIME aka O LODO VERDE aka GAMMA 3 : OPERATION OUTER SPACE (Ganmā Daisan Gō: Uchū Daisakusen) aka BATTLE BEYOND THE STARS - 1968

POSTADO PRIMEIRAMENTE EM 17/07/2011



SINOPSE

Astronautas vão para uma base espacial explodir um asteróide que ameaça a Terra. Quando voltam, trazem consigo uma substância verde que vira um tentáculo assassino.





Formato: MKV / DVDRip
Tamanho: 1,09GB
Duração: 90 minutos
Idioma: Inglês
Legendas: Português (srt na pasta)
Tradução das legendas @lelo Sincronia Carlosm42




senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com






Direção: Kinji Fukasaku

Produção: Walter Manley e Ivan Reiner para MGM

História: Ivan Reiner

Roteiro: Tom Rowe e Charles Sinclair

Efeitos Especiais: Akira Watanabe e Yukio Manoda

Elenco: Robert Horton (Comandante Jack Rankin), Luciana Paluzzi (Dra. Lisa Benson), Richard Jaeckel(Comandante Vince Elliott), Bud Widom (General Jonathan B. Thompson), Ted Gunther (Dr. Hans Halvorsen), David Yorston (Teniente Curtis), Robert Dunham (Capitán Martin), Gary Randolf (Cordier), Jack Morris (Teniente Morris, Piloto)

COMENTÁRIOS
carlosm42

Desde meados dos anos 50 o cinema japonês se tornou especialista em ficção cinetífica, destacando-se  Inoshiro Honda e seus filmes de monstros pré históricos, que ganhavam vida pelas experiências com bombas atômicas.
Uma década depois, os japoneses adquiriram técnologia suficiente e relativamente barata, e com isso surgiu as produções em conjunto com os americanos, italianos e outros, porque sairiam muito mais baratas do que se fossem feitas em Hollywood, The Green Slime é uma destas produções, e com certeza uma das que tiveram maior sucesso comercial.
O diretor Kinji Fukasaku é um proficional veterano, que na época já havia rodado uma centena de filmes fantásticos, e fez um bom trabalho em "O Lodo Verde", tem um bom ritmo, apesar de inúmeros erros, e também as miniaturas feitas para este filme não foram das melhores, os detalhes são pobres, mas nada disso atrapalha, pois é  clássico muito divertido, impossível de não gostar.



COMENTÁRIOS
retirado do site Juvenatrix

O filme possui tantas falhas, tantos furos no roteiro, tantas situações absurdas e muitas vezes ridículas, e tudo realizado de forma não proposital, que o resultado final acaba tornando-se uma grande diversão num genuíno representante do cinema fantástico bagaceiro.
A seguir, vale a pena registrar alguns exemplos de cenas que reforçam a idéia exposta acima. Os foguetes espaciais são miniaturas que soltam fumaça e fazem barulho, em efeitos incrivelmente toscos (quando comparado por exemplo às naves de “2001: Uma Odisséia no Espaço”, produzido no mesmo ano). Os astronautas andam e em determinado momento até correm normalmente enquanto estão no asteróide, ignorando a ação da gravidade. Numa cena em especial, quando os astronautas estão em fuga num foguete tentando escapar dos efeitos da explosão do asteróide, o líder da missão Rankin ordena ao piloto para acionar a velocidade máxima, a qual colocaria em extremo perigo a estabilidade da nave. Com a recusa de bom senso do piloto, o comandante levanta-se de seu lugar e aciona pessoalmente a alavanca de aceleração numa atitude de “homem de coragem e bravura” (e pouca inteligência) que consegue arrancar algumas risadas involuntárias do espectador. Em outro momento, quando os astronautas chegam à base espacial, após o sucesso da missão, eles são corretamente encaminhados para um compartimento de descontaminação, mas o procedimento de segurança é totalmente violado quando a afobada médica Lisa invade a sala para recepcionar seu noivo Elliott. Talvez o ápice das cenas bagaceiras seja o momento em que os “heróis” Rankin e Elliott escapam da base espacial infestada de monstros, e que está à deriva prestes à explodir. Eles se lançam no espaço até encontrarem o refúgio de uma nave de resgate.

clique nas imagens p/ampliar


Como curiosidade, é interessante citar que tanto no interior das naves quanto na sala de controle de “Gamma 3”, são encontrados uma infinidade daqueles tradicionais elementos sempre presentes nos filmes de FC antigos, ou seja, painéis com luzes piscando, cheios de botões, telas grandes, visores, além de computadores enormes.
Felizmente, o filme recebeu um título nacional muito bem escolhido e apropriado, apenas traduzindo o original “The Green Slime” para “O Lodo Verde”. Aliás, existem vários outros nomes alternativos que foram adotados na distribuição pelo mundo como os enormes “After the Destruction of Space Station Gamma: Big Military Operation” e “Gamma #3 Big Military Space Operation”, os manjados demais “Battle Beyond the Stars”, “The Battle of Space Station Gamma” e “Death and the Green Slime”, o italiano “Il Fango Verde”, e o japonês “Gamma Sango Uchu Daisakusen”. Quanto à tagline escolhida para a divulgação do filme, algo como “O Lodo Verde está chegando!!”, podemos dizer que é óbvia e comum demais, sem criatividade, onde os produtores poderiam certamente ter pensado numa outra frase bem mais interessante.


Algumas curiosidades sobre os envolvidos no projeto de “O Lodo Verde” são que o diretor japonês Kinji Fukasaku (1930 / 2003) é o mesmo responsável por dois filmes de horror japoneses mais atuais e conhecidos pela alta dose de violência de suas histórias, “Battle Royale” (2000) e a continuação produzida três anos depois. Quanto ao elenco, o casal principal de atores é muito inexpressivo, sendo que o americano Robert Horton nasceu em 1924 e não possui grandes destaques em sua filmografia, já a italiana Luciana Paluzzi, nascida em Roma em 1937, provavelmente nunca estudou a arte de atuar pois é uma atriz muito ruim. O único ator com algum destaque é o americano Richard Jaeckel (1926 / 1997), com uma carreira com 95 filmes, sendo um rosto conhecido em inúmeras séries de TV dos anos 60 e reconhecido pelo papel do Sargento Clyde Bowren no clássico da Segunda Guerra Mundial “Os Doze Condenados” (The Dirty Dozen, 67).


SCREENSHOTS

 

domingo, 7 de setembro de 2014

IT CONQUERED THE WORLD aka O CONQUISTADOR DE VÊNUS - 1956



SINOPSE:

O cientista Tom Anderson vem alertando o comando das Forças Armadas e cientistas envolvidos no projeto do moderno e pioneiro satélite espacial, que não continuem com os lançamentos, pois seres do espaço não querem que a Terra se aventure para fora do planeta. Mas ao mesmo tempo ele faz contato com uma criatura de Vênus que lhe promete ajudar a humanidade e diz que ele deve colaborar com seus planos. Usando o satélite para entrar na Terra, o alienígena se esconde em uma caverna e com estranhos morcegos alados que mordem e dominam a mente de suas vítimas, ele vai preparando a invasão e então conquistar o planeta. Mas para isso terá que enfrentar o cientista chefe do projeto criador do satélite, o dr. Paul Nelson e amigo pessoal de Tom, que não imagina estar ajudando o extraterrestre venusiano a dominar e escravizar o povo da Terra, controlando a mente dos principais líderes do seu país, com a finalidade de destruir a humanidade e transformar o planeta no novo lar de sua raça que agoniza em Vênus.




Formato: Avi / VhsRip
Tamanho: 607MB
Duração: 69 minutos
Idioma: Inglês
Legendas: Português (embutidas no arquivo)

LEGENDAS TRADUZIDAS E SINCRONIZADAS PELO AMIGO E COLABORADOR CARTWRIGHT

Link único 4 shared:


senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com








COMENTÁRIOS

James Nicholson pediu que Roger Corman criasse um sci-fi que abordasse temas de filmes que fizeram sucesso com o público como O DIA EM QUE A TERRA PAROU de Robert Wise e VAMPIROS DE ALMA do Don Siegel, incluísse um alienígena em forma de leguminoso, no caso um pepino bem grotesco, numa daquelas criações do cultuado Paul Blaisdell que já havia construido A BESTA COM UM MILHÃO DE OLHOS e o SHE CREATURE que na época de lançamento fez dobradinha com IT CONQUERED THE WORLD. Infelizmente Paul sofria de câncer no estômago e faleceu com apenas 55 anos, mas ele e sua esposa e parceira na arte de criar os mais mirabolantes monstros dos sci-fi b movies, sempre contaram com o apoio técnico de seu amigo Bob Burns e de sua esposa Kathy. Após a morte de Paul, Bob criou um museu contando toda a saga de seu mestre, desde os monstros e apetrechos como muitas outras curiosidades que cercavam os filmes em que trabalharam.

      Paul Blaisdell e o monstro de Vênus. Na foto ao lado, ele e o amigo e assistente Bob Burns. Na foto à
  direita, Paul vestido como o monstro de SHE CREATURE com a assistente Kathy Burns, esposa de Bob

IT CONQUERED THE WORLD, foi rodado em 5 dias e isso com um pequeno orçamento como era de costume no universo do diretor. Então Lou Russof escreveu grande parte do roteiro, mas com a doença e morte do irmão no Canadá, ele abandonou o projeto, que passou para as mãos de Charles B.Griffith completando a história e alterando algumas passagens. Outra presença obrigatória é da música de RONALD STEIN aclimatando todas as sequencias desse clássico. IT CONQUERED THE WORLD foi lançado então como sessão dupla com SHE CREATURE de Edward L. Cahn que dirigiu também THE INVASION OF THE SAUCER MEN, todos os monstros criados e vestidos por Paul Blaisdell.
Já o cast tinha nomes mais conhecidos do que os anteriores, como Peter Graves (de MISSÃO IMPOSSÍVEL e APERTEM OS CINTOS, O PILOTO SUMIU, que era um rosto conhecido do ótimo BEGINNING OF THE END de Bert Gordon),Beverly Garland (de THE ALLIGATOR PEOPLE, NOT OF THIS EARTH, CURUCU BEAST OF THE AMAZON, THE NEANDERTHAL MAN, SWAMP WOMEN), o famoso vilão de bang-bang spaghetti, Lee Van Cleef e Sally Fraser, que comentei aqui na postagem de O GIGANTE DE OUTRO MUNDO e que filmou todas as cenas com uma barriga de 5 meses de gravidez disfarçada num vestido colocado com um cinto acima da barriga e suas cenas quase sempre enquadradas sem corpo inteiro.Como sempre a dupla Jonathan Haze e Dick Miller estão presentes e até Charles Griffith também atua no papel de um cientista.

o vilão dos faroestes, Lee Van Cleef no filme de Sergio Leone, 3 HOMENS EM CONFLITO e ao lado Jonathan Haze, Charles Griffith e meu herói Dick Miller numa cena de IT CONQUERED THE WOLD


IT CONQUERED THE WORLD é um desses fenômenos que não se explica, vindo a se tornar uma das melhores bilheterias da AMERICAN INTERNATIONAL PICTURES, um sucesso desta fase de Roger Corman e que até hoje é reverenciado por admiradores do cinema fantástico. Até mesmo o nome do personagem de Lee Van Cleef, THOMAS ANDERSON, foi usado como homenagem na trilogia sci-fi THE MATRIX para o personagem de KEANU REEVES que tinha o nickname de NEO. O filme foi largamente divulgado em booklets tradicionais da AIP.

booklet promocional distribuído pela AIP aos circuitos dos cinemas americanos para divulgação de IT CONQUERED THE WORLD em dobradinha com THE SHE CREATURE

A caverna onde habita a criatura Beluah, chamada de ELEPHANT HOT SPRINGS foi na verdade filmada em Bronson Canyon em Hollywood Hills e usaram extintores para sugerir vapores térmicos de um manancial para as cenas com o alienígena

 Cavernas de Bronson Canyon foram utilizadas em vários filmes Sci-Fi como INVASION OF THE BODY  SNATCHERS, ROBOT MONSTER, THE MAGIC SWORD, INVISIBLE INVADERS, EARTH VS.THE SPIDER, THE BRAIN FROM PLANET AROUS, THE CYCLOPS, NIGHT OF THE BLOOD BEAST, STAR TREK 6, BATMAN 66 e muitos outros cults


Outras curiosidades foram abordadas em vários magazines especializados que declaram IT CONQUERED THE WORLD como um dos mais cultuados sci-fi de todos os tempos, que apesar dos risos provocados pela criatura nos cinemas quando ela aparece, foi aplaudida e idolatrada até os dias atuais, fazendo parte de um seleto grupo de filmes memoráveis da época de ouro dos B movies.

capa de FANTASTIC MONSTER, revista lançada nos anos 60
pelo próprio Paul Blaisdell em resposta ao FAMOUS MONSTERS
OF FILMLAND de seu empresário Forrest J. Ackerman. Ao lado
uma edição de SCARY MONSTERS com curiosidades sobre este
filme de Roger Corman


Direção : Roger Corman
Produção : Roger Corman
Produção Executiva : James H. Nicholson
Roteiro : Lou Russof
Roteiro Final : Charles Griffith
Música : Ronald Stein
Fotografia : Fred E. West
Make-up : Larry Butterworth
Efeitos Especiais : Paul Blaisdell

ELENCO:

Peter Graves - Dr. Paul Nelson
Lee Van Cleef - Dr. Tom Anderson
Beverly Garland - Claire Anderson
Sally Fraser - Joan Nelson
Russ Bender - General James Pattick
Taggart Casey - xerife N.J. Shallert
Karen Kadler - Dr. Ellen Peters
Dick Miller - Primeiro Sargento
Jonathan Haze - Cabo Manuel Ortiz
Paul Harbor - Dr. Floyd Mason
Charles B. Griffith - Dr. Pete Shelton
Paul Blaisdell - Beluah, o monstro de Vênus



SCREENSHOTS