sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

O CAÇADOR IDIOTA - 1943

DUMB-HOUNDED
Direção : Fred TEX Avery







Formato : AVI
Fonte : DVDRip
Tamanho : 70 mb
Duração : 8 min
Servidor : Megaupload
Link : Único
Legendas : incluídas na pasta
Ano : 1943
Direção : Tex Avery
Produção : Fred Quimby
História : Heck Allen(não creditado)
História : Tex Avery (não creditado)
Música : Scott Bradley (não creditado)
Animadores : (não creditado)
Ed Love
Preston Blair
Ray Abrams
Irven Spence


LINK ÚNICO MEGAUPLOAD:

http://www.megaupload.com/?d=C7Y0EJ19

SENHA PARA DESCOMPACTAR:
cartwrighthh

LEGENDAS INCLUÍDAS NA PASTA


COMENTÁRIOS:

Ao deixar a Termite Terrace, Tex Avery queria fazer um personagem similar a CECIL TURTLE que ele tinha criado no cartoon TORTOISE BEATS HARE. Com a ajuda de Preston Blair, um cachorro tipo "Basset Hound" foi idealizado e com a personalidade lenta e dengosa do CECIL.

free image hostingfree image hosting
Cecil Turtle,uma tartaruga sonolenta e o cartoon do BUGS BUNNY

Interessante que o nome DROOPY só foi usado em seu 5º cartoon SENIOR DROOPY e ficou marcado a partir daí. Antes ele era chamado de HAPPY HOUND e de acôrdo com Heck Allen, a voz inicialmente feita por Bill Thompson foi durante vários cartoons iniciais tambem dublada pelo próprio TEX AVERY, que tinha grande empatia com a personalidade do cachorro dorminhoco. Com a contratação em definitivo de Heck Allen para os estúdios da MGM, esse roteiro foi revisitado em 1946, no cartoon NORTHWEST HOUNDED POLICE, onde Heck sugeriu aos animadores maior reação bizarra do lobo.

free image hosting
uma cena reutilizada em NORTHWEST HOUNDED POLICE

Logo após DUMB-HOUNDED o formato do DROOPY foi ficando mais estilizado com a ajuda de Ed Love e Ray Abrams.

free image hostingfree image hosting
a primeira caracterização e a segunda fase

Um histórico desenho do mais famoso personagem da fase de TEX AVERY na MGM.

free image hosting

LISTA DE CARTOONS DO DROOPY NA MGM:

TÍTULO....................DIREÇÃO.....PRODUÇÃO.......ANO
1 Dumb-Hounded--------------Tex Avery---Fred QuimbY---20/03/43
2 The Shooting Of Dan McGoo-Tex Avery---Fred Quimby---03/03/45
3 Wild and Woolfy-----------Tex Avery---Fred Quimby---03/11/45
4 Northwest Hounded Police--Tex Avery---Fred Quimby---13/08/46
5 Señor Droopy--------------Tex Avery---Fred Quimby---09/04/49
Primeiro cartoon com o nome Droopy usado.
6 Wags to Riches------------Tex Avery---Fred Quimby---13/08/49
primeira aparição de Spike
7 Out-Foxed-----------------Tex Avery---Fred Quimby---12/10/49
8 The Chump Champ-----------Tex Avery---Fred Quimby---04/11/50
9 Daredevil Droopy----------Tex Avery---Fred Quimby---31/03/51
10 Droopy's Good Deed-------Tex Avery---Fred Quimby---05/05/51
11 Droopy's Double Trouble--Tex Avery---Fred Quimby---17/11/51
única aparição do irmão gêmeo de Droopy, o Drippy.
12 Caballero Droopy---------Dick Lundy--Fred Quimby---27/09/52
13 The Three Little Pups----Tex Avery---Fred Quimby---26/12/53
14 Drag-a-Long Droopy-------Tex Avery---Fred Quimby---20/02/54
15 Homesteader Droopy-------Tex Avery---Fred Quimby---10/07/54
16 Dixieland Droopy---------Tex Avery---Fred Quimby---04/12/54
17 Deputy Droopy------------Avery/Lah---Fred Quimby---28/10/55
18 Millionaire Droopy------Tex Avery---Hanna/Barbera--21/09/56
CinemaScope usando acetatos de Wags to Riches.
19 Grin and Share It-------Michael Lah-Hanna/Barbera--17/05/57
O 1º cartoon CinemaScope da série,seguido pelos próximos
20 Blackboard Jumble-------Michael Lah-Hanna/Barbera--04/10/57
21 One Droopy Knight-------Michael Lah-Hanna/Barbera--06/12/57
Indicado para o Oscar 1958 Melhor Curta de Animação
22 Sheep Wrecked-----------Michael Lah-Hanna/Barbera--07/02/58
23 Mutts About Racing------Michael Lah-Hanna/Barbera--04/04/58
24 Droopy Leprechaun-------Michael Lah-Hanna/Barbera--04/07/58

VOZES:

Bill Thompson - Droopy ( Happy Hound )
Frank Graham - Assassino / Prefeito


SCREENSHOTS:

free image hosting
free image hosting
free image hosting
free image hosting

TEX AVERY CARTOONS

free image hostingfree image hosting

LÔBO-BOMBARDEIO - 1942

BLITZ WOLF
UNCUT VERSION
Direção : Fred TEX Avery




Formato : AVI
Fonte : DVDRip
Tamanho : 70 mb
Duração : 10 min.
Servidor : Megaupload
Link : Único
Legendas: incluidas na pasta
Lançamento : 22/Agosto/1942
Direção : Tex Avery
Produção : Fred Quimby
História : Rich Hogan
Música : Scott Bradley
Animadores :
Ray Abrams
Irven Spence
Preston Blair
Ed Love


LINK ÚNICO MEGAUPLOAD:

http://www.megaupload.com/?d=GILU8QFI

SENHA PARA DESCOMPACTAR:
cartwrighthh

LEGENDAS INCLUÍDAS NA PASTA


COMENTÁRIOS:
Primeiro cartoon de TEX AVERY na MGM que trouxe junto,
os animadores Preston Blair e Ed Love, récem-saídos após
a famosa greve dos animadores na Disney.
Foi indicado ao Oscar, junto com JUKEBOX JAMBOREE(do Ben
Hardaway pela Universal que é meu cartoon favorito entre
todos já feitos), mas que acabou sendo vencido pelo "Der
Fueher's Face" da Disney.
Blitz Wolf também era um cartoon anti-germânico e causou
vários problemas de censura pós-guerra, como o cartaz que
dizia"não admitimos cães",mas a palavra dogs estava riscada
e por cima escrito "japs",além da bomba que destrói o Japão
e um cartaz cai no local, escrito: "DOOLITTLE DOOD IT!"
referindo-se ao então primeiro ataque aéreo feito em abril
de 42 pelo Tenente James Doolittle, ao Japão(um tanto
recente à data do cartoon), que visou dar moral às tropas
americanas e mostrar desta forma, a vulnerabilidade dos
Japonêses no ar.(em resposta ao ataque de Pearl Harbor em
Dezembro de 41).
Uma cena que foi tirada na TV, é sobre a mensagem no final
do cartoon(que essa versão mantém)ao incentivar a compra
de bonus de guerra.Na TV, o logo final é aquele comum da MGM.
Outra censura foi na canção cantada pelos 2 porquinhos para
o Sargento Pork, engajado na luta armada:
"You're in the Army Now,
You're Not Behind the Plow,
You're Diggin' a Ditch,

aí a imagem congela uns segundos
onde os porquinhos diziam:
"You Son of a Bitch" que foi tirado
e depois seguem cantando:
You're in the Army Now!"
Esse palavrão nunca foi exibido nos cinemas.
Uma curiosidade é que Pinto Colvig faz a voz do porquinho
prático tal como ele fez no cartoon do WALT DISNEY.
O lobo tem a voz de Bill Thompson que veio depois dublar
o DROOPY.
Este é um cartoon que escracha odiosamente a imagem do
líder nazista, ADOLF HITLER, que era chamado de GAMBÁ
FEDORENTO pelas tropas aliadas.
No final as vozes dos diabinhos repetem uma frase que era
o bordão famoso do comediante JERRY COLONNA:"Ahhhhhh, it's
a possibility!"
Um início fulminante de TEX AVERY com FRED QUIMBY, que iria
render vários clássicos da animação a partir desse ano.

VOZES:

free image hosting PINTO COLVIG - Sgt.Pork

free image hosting BILL THOMPSON - Adolf Wolf


SCREENSHOTS:

free image hosting
free image hosting
free image hosting
free image hosting

free image hosting
clique para ampliar

TEX AVERY CARTOONS

free image hostingfree image hosting

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

KILLER KLOWNS FROM OUTER SPACE aka PALHAÇOS ASSASSINOS - 1988 - DUBLAGEM CLÁSSICA DO CINE TRASH e LEGENDADO


SINOPSE
Numa noite de sexta-feira, Mike e Debbie namoram no banco de trás do carro, quando vêem uma forte luz que rasga o céu e cai numa clareira. Partem para lá e encontram uma brilhante tenda de circo. São os palhaços assassinos que chegaram do outro mundo

Formato: Avi/DVDRip
Tamanho: 821MB
Duração: 88 minutos
Idioma: Português ( dublado )


Links em 3 partes rapidshare


https://rapidshare.com/files/3908734421/assalhaços_dublaspaço.part1.rar
https://rapidshare.com/files/3400465130/assalhaços_dublaspaço.part2.rar
https://rapidshare.com/files/2653447346/assalhaços_dublaspaço.part3.rar

*************************************************
**********************************

Formato: Avi/DVDRip
Tamanho: 709MB
Duração: 88 minutos
Idioma: Inglês
Legendas: Português ( na pasta )


Links em 3 partes rapidshare


https://rapidshare.com/files/4117128762/assalhaços_do_espideral.part1.rar
https://rapidshare.com/files/3755669097/assalhaços_do_espideral.part2.rar
https://rapidshare.com/files/4036764211/assalhaços_do_espideral.part3.rar

senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com


Trio of Original Costume Drawings from Killer Clowns from Outer Space by Producer Charlie Chiodo
clique para ampliar

Direção: Stephen Chiodo

Writing credits: Charles Chiodo,  Edward Chiodo,  Stephen Chiodo

Produced by
Charles Chiodo .... producer
Edward Chiodo .... producer
Stephen Chiodo .... producer
Paul Mason .... executive producer
Christopher Roth .... associate producer
Helen Szabo .... executive producer
Grant Cramer ... Mike Tobacco



 ELENCO

Suzanne Snyder ... Debbie Stone
John Allen Nelson ... Dave Hanson
John Vernon ... Curtis Mooney
Michael Siegel ... Rich Terenzi
Peter Licassi ... Paul Terenzi
Royal Dano ... Farmer Gene Green
Christopher Titus ... Bob McReed (as Chris Titus)
Irene Michaels ... Stacy
Karla Sue Krull ... Tracy
Brian Degan Scott ... Punk #1
Danny Kovacs ... Punk #2
Adele Proom ... Mrs. Franco
Howard Malpas ... Mr. Myers
Karen Raff ... Mom #1
Kathleen Stefano ... Mom #2
Claire Bartle ... Little Girl
Sharon O'Mahoney ... Waitress
Michael Halton ... Slug
Lucinda Burgess ... Sheila
Melvin Thompson ... Black Biker
David Piel ... Security Guard
Steven A. Jones ... State Trooper (as Steven Jones)
Armon Stover ... State Trooper
Jeff Yesko ... State Trooper
Steve Rockhold ... Klown Performer
Michael Harrington Burris ... Klown Performer 
Geno Ponza ... Klown Performer
Scott Beatty ... Klown Performer
Paul Haley ... Klown Performer
Dennis C. Walsh ... Klown Performer
Genie Houdini ... Klown Performer
Charles Chiodo ... 'Klownzilla' the King Klown
Harrod Blank ... Klown Performer
Karl Shaeffer ... Klown Performer
Paul Parsons ... Klown Performer
Jimmy Locust ... Klown Performer
Mitch Bryan ... Klown Performer
Greg Sykes ... Klown Performer











COMENTÁRIOS      (texto -  Palhaços Assassinos: Eles vão te matar ... de rir !  de Felipe M. Guerra retirado do site Boca do Inferno 10/09/2010 )

Palhaços assassinos… do espaço sideral. Puta merda!”.
Ao citar propositadamente o nome original do filme (Killer Klowns From Outer Space), quando os heróis de PALHAÇOS ASSASSINOS vão até a delegacia alertar sobre os acontecimentos bizarros que presenciaram, o veterano guarda Moony, com aquele ar cético típico de policial de filme B norte-americano, parece refletir a mesma incredulidade do espectador. Quer dizer, quem em sã consciência iria imaginar a possível ameaça de palhaços assassinos, quanto mais palhaços assassinos do espaço sideral? E quem iria imaginar um dia assistir um filme sobre palhaços assassinos alienígenas?
Ao atrair o espectador já com seu título bizarro, os responsáveis por PALHAÇOS ASSASSINOS já revelam desde o início que uma coisa têm de sobra: criatividade. E assim fizeram um dos mais memoráveis e absurdos filmes B dos anos 80.
Eu ainda era um garoto entrando na puberdade quando conheci estas excêntricas criaturas, mas lembro que compartilhei do mesmo ceticismo do guarda Moony (interpretado pelo veterano John Vernon, de “Clube dos Cafajestes”) ao ouvir a chamada de PALHAÇOS ASSASSINOS na TV Bandeirantes, naqueles tempos imemoriáveis. Não foi na época em que a Band reprisou o filme no Cine Trash, mas sim anos antes, quando foi exibido num programa “sério” de filmes de horror que a emissora tinha, chamado Cine Mistério, e que passava à noite.



Assim, quando a Bandeirantes exibiu um comercial que tratava o filme – e a ameaça dos palhaços assassinos espaciais – A SÉRIO, como se fosse uma assustadora história de terror, eu vi e pensei comigo mesmo: “Palhaços assassinos espaciais? Não pode ser verdade!”.
E foi assim que PALHAÇOS ASSASSINOS inseriu-se entre os meus filmes B de estimação. Ele é tão colorido, divertido, absurdo, engraçado e criativo que somente uma pessoa muito chata e mal-humorada não iria embarcar na idéia – uma espécie de sátira aos velhos filmes de ficção científica norte-americanos dos anos 50, que sempre traziam ameaças alienígenas vagabundas em pequenas cidadezinhas dos Estados Unidos.
Este é o tipo de filme em que a história não importa (até porque ela é fraquíssima); o que vale é a execução. Em seu caldeirão de cultura pop, os irmãos Chiodo – diretores, produtores e roteiristas deste seu projeto dos sonhos – incluíram referências ao maior número de filmes possíveis, através de situações banais já vistas e revistas em centenas de produções, do velho fazendeiro que vai atrás de um meteoro que viu cair na floresta (tirada de A BOLHA, dos anos 50) aos adolescentes que combatem a ameaça com o descrédito da polícia (situação advinda de qualquer filme do gênero feito nos últimos 50 anos), passando ainda por humanos presos em casulos (à la INVASORES DE CORPOS) e outros clichês do gênero. Enfim, tudo já foi visto antes, e melhor, mas a execução aqui é tão charmosa e criativa que emana um frescor de novidade.



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 




 
Quem nunca viu o filme – se é que existe tal pessoa, depois que o Cine Trash fez o favor de transformá-lo em cult de toda uma geração – deve estar se perguntando se PALHAÇOS ASSASSINOS é pra valer, levado a sério, ou uma esculhambação assumida.
Bem, acredite se quiser, mas este é um filme esculhambado que se leva a sério. É muito diferente, por exemplo, das produções assumidamente toscas e “quanto pior, melhor” da produtora Troma (tal qual a série “The Toxic Avenger”).
Pelo contrário, PALHAÇOS ASSASSINOS tem uma excelente produção, ótimos (e baratos) efeitos especiais e um elenco desconhecido, mas empenhado, que não fica fazendo competição de quem atua pior. Além disso, o filme raramente extrapola o limite do bom gosto, de maneira que eu não concordo que possa ser considerado, simplesmente, trash – o rótulo que normalmente ganham as produções que, de tão ruins, são boas, embora hoje em dia qualquer filme de terror seja assim chamado.
PALHAÇOS ASSASSINOS é trash? Talvez a idéia, a concepção, sim; mas a realização, com certeza, não é. Estamos diante de um verdadeiro e espirituoso filme B, é verdade, mas muito longe de ser ruim e/ou mal-feito.
Tudo bem, tudo bem, concordamos que é uma esculhambação levada a sério. Mas, afinal, assusta? Óbvio que não! Talvez assustasse se os diretores fosse uns manés quaisquer, que colocassem seus palhaços assassinos atacando a população da cidadezinha com machados e facões afiados.
Mas os irmãos Chiodo são uns caras legais. Eles fizeram um filme onde os palhaços assassinos do espaço sideral usam artifícios criativos para eliminar suas vítimas, através de objetos, situações e brincadeiras elaboradas pelos palhaços como se estivessem num grande circo.
Assim, as pessoas são mortas com torta de creme na cara e armas que disparam pipoca, ou então acabam presas em balões ou casulos de algodão-doce (!!!). No universo bizarro e bem humorado do filme, até um simples jogo de sombras refletidas numa parede pode ser mortal!
E embora inclua umas duas ou três cenas que são um pouquinho mais sérias, e até um tanto arrepiantes – como a do palhaço tentando atrair uma menininha para fora da lanchonete, escondendo uma marreta enorme nas costas -, PALHAÇOS ASSASSINOS não é um filme assustador. A não ser, é claro, que você morra de medo de palhaços, como os próprios irmãos Chiodo.
Na trama, é tarde da noite de uma sexta-feira na pequena cidadezinha americana (fictícia) de Crescent Cove, que bem poderia ter saído de um daqueles filmes sci-fi antigões, onde os jovens se encontram em lanchonetes para comer hamburger e milk-shake, e depois vão namorar no banco traseiro dos seus carros no topo de uma colina, longe dos pais e da polícia.
É ali, no chamado “Top of the World” (Topo do Mundo), que encontramos nossos heróis, o casal Mike Tobacco (Grant Cramer, filho da veterana atriz de Hollywood Terry Moore, que fez vários filmes nos anos 40 e 50) e Debbie Stone (Suzanne Snyder, que apareceu em obras famosas como A NOITE DOS ARREPIOS e A VOLTA DOS MORTOS-VIVOS 2).


Mike e Debbie estão com seu carro estacionado junto com amigos, namorando, curtindo uns bons momentos deitados num bote inflável (!!!) e tomando champanhe, quando algo flamejante cruza a escuridão da noite. Um meteoro, talvez? Debbie, curiosa como toda moça em filmes de terror (e fora deles), insiste para que Mike pegue o carro e vá atrás do meteoro. E ele vai, é claro.
Só que não é um meteoro, como iremos descobrir rapidamente. Um velho fazendeiro também vê o objeto flamejante cruzando o céu e exclama, surpreso, para seu cachorro Pooh: “Você viu só, Pooh? O Cometa Halley pousou aqui no nosso quintal!”. O pobre fazendeiro com fascinantes noções de astronomia é interpretado de maneira propositalmente caricatural pelo veterano Royal Dano (de A CASA DO ESPANTO 2, falecido em 1994), o único que realmente atua como se estivesse numa comédia escrachada.
Com seu cãozinho do lado e levando uma pá e um balde (o que ele esperava fazer, recolher o “Cometa Halley”?), o velho fazendeiro põe-se a atravessar a floresta até o local onde caiu o “meteoro”, imaginando que montes e montes de pessoas virão ao seu quintal para ver aquela formidável atração. Só que no local onde o “meteoro” caiu, ele só encontra uma luminosa tenda de circo. E, do alto de sua ingenuidade caipira, diz bobagens em “caipirês” que perdem a graça e o sentido na tradução, como “What in the blue blazes is the circus doing here in these parts?”, ou “There’s something kinda peculiar around here”. Quaquaquaqua!!!!
Mas vamos nos ater aos fatos: nosso amigo fazendeiro, com sua pá, seu balde e seu cachorrinho chamado Pooh, vão até a tenda com a esperança de conseguir alguns ingressos grátis (hehehe) para o circo. E, assim que se aproximam, descobrem que o circo não é o que parece ser. Principalmente porque uns palhaços medonhos, vestindo roupas berrantes, surgem com armas coloridas que parecem de brinquedo e disparam uns raios rosa-choque no velhote.
Corta de volta para o casal 20, Mike e Debbie, que chega ao mesmo local e também acha o máximo aquela tenda luminosa e colorida. Eles nem estranham muito o fato de a entrada do “circo” ser um túnel colorido e repleto de badulaques. “Parece que este lugar foi decorado por palhaços!”, exclama o muito observador Mike, para depois completar: “Deve ser aquele novo circo europeu”. Caramba!
Zanzando pelo interior do “circo”, os jovens ocasionalmente chegam a um elevador e vão parar primeiro numa colorida estação de energia, depois no que parece um depósito de armazenamento de algodão-doce, com grandes casulos rosa-choque pendurados. “Não sei o que vimos antes, mas com certeza isso é uma fábrica de algodão-doce, e aqui eles penduram o algodão-doce para secar”, arrisca Mike. “Fábrica de algodão-doce”? “Pendurar para secar”? Mas em que mundo será que Mike Tobacco vive???
Não demora para o casal descobrir a verdade, quando puxam um chumaço de “algodão-doce” de um dos casulos e descobrem o corpo semi-corroído do velho fazendeiro aprisionado momentos atrás. Apavorados, Mike e Debbie percebem que não estão num circo, mas sim na terrível nave dos tenebrosos palhaços assassinos do espaço sideral. Numa amostra de que tem um QI privilegiado, Debbie larga uma pérola: “Eu não acredito em UFOS… Mas, se eles existem, estamos presos dentro de um!”. Bem observado, senhorita…
A dupla foge correndo, perseguida primeiro por um palhaço com uma bazuca que dispara pipocas (!!!), depois por dois outros palhaços que “constróem” um cão farejador com bexigas de gás, num dos muitos momentos visualmente criativos do filme – uma piada que, sem dúvida alguma, deve ser aplaudida de pé. O “cão” segue o faro de Debbie e Mike pela floresta, mas é tarde demais: eles já chegaram ao seu carro e estão voltando a mil para Crescent Cove, para alertar as autoridades. Não que isso vá ajudar muito: não se esqueça que estamos num filme de ficção científica classe B!

Para continuar lendo Palhaços Assassinos: Eles vão te matar ... de rir ! clique aqui  http://bocadoinferno.com/artigos/palhacos-assassinos-eles-vao-te-matar-de-rir/2/



Trilha sonora
THE DICKIES


Formato: mp3
Taxa de bits: 320 Kbps
Tamanho: 150MB

LINK ÚNICO:


senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com


LETRA DA MÚSICA KILLER KLOWNS

PT Barnum said it so long ago  
There's one born every minute, don't you know

Some make us laugh, some make us cry
These clowns only gonna make you die

Everybody's running when the circus comes into their towns
Everyone is running from the likes of the killer klowns
from outer space
killer klowns from outer space
jocko !

Ringmaster shouts let the show begin
Send in the klowns, then let them do you in
See a rubber nose on a painted face
Bringing genocide to the human race

It's time to take a ride on the nightmare merry-go-round
You'll be dead on arrival from the likes of the killer klowns
from outer space
killer klowns from outer space

Theres cotton candy in their hands
Says a polka-dotted man with a stalk of jacaranda
They're all diabolical bozos

Oh look around what do you see
tell me what's become of humanity
from California shores to New York Times Square
Barnum and Bailey everywhere

If you've ever wondered why the population's going down
blame it on the plunder from the likes of the killer klowns
from outer space
killer klowns from outer space







SCREENSHOTS - VERSÃO DUBLADA



SCREENSHOTS - VERSÃO LEGENDADA