PROCURE SEU FILME NO SPACE MONSTER



.

.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

TRAILERMANIA VOLUMES 1, 2 E 3

POSTADO PRIMEIRAMENTE EM 10/07/2011



SINOPSE:

Trailermania em 3 volumes, com mais de 2 horas cada e mais de 120 trailers cada, a maioria de filmes de Terror e Sci Fi dos anos 50 aos 80 e alguns dos anos 90.

Formato: Avi / VHSRip
Tamanho: 700MB cada volume
Duração: 122 minutos cada volume

Links:

VOLUME 1 PCLOUD:


VOLUME 2 4SHARED:


VOLUME 3 UPTOBOX:



senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com


SCREENSHOTS


sábado, 25 de julho de 2015

VOYAGE TO THE BOTTOM OF THE SEA aka VIAGEM AO FUNDO DO MAR - 2ª TEMPORADA DUBLAGEM CLÁSSICA



VIAGEM AO FUNDO DO MAR - 2ª TEMPORADA 
DUBLAGEM CLÁSSICA E AUDIO ORIGINAL EM INGLÊS COM LEGENDAS EM PORTUGUÊS


OBSERVAÇÃO:

NOVOS ARQUIVOS DUBLADOS, COM QUALIDADE DE SOM E IMAGEM MUITO SUPERIOR EM COPARAÇÃO AOS POSTADOS ANTERIORMENTE
AOS POUCOS VAMOS COMPLETAR AS 4 TEMPORADAS

Formato: AVI
Qualidade: DVDRip
Tamanho: Dublado entre 650mb E 850mb / Audio original 450mb 
Idioma: Português - Dublagem Clássica / Inglês
Legendas: Português (srt na pasta)
Duração: 50 minutos por episódio

Links 4shared, Pcloud, Mega, Uptobox e Minhateca
senha p/descompactar cada episódio e a entrevista
www.cinespacemonster.blogspot.com

ANTES DOS EPISÓDIOS ENTREVISTA COM
DAVID HEDISON O CAPITÃO CRANE

LINK MEGA:

LINK PCLOUD:
https://my.pcloud.com/publink/show?code=XZ3IdVZ7jlW5YDq0yL7x792NYyQPpXHqqnk


1º Episódio - Jonas e a Baleia 
DUBLAGEM CLÁSSICA
4SHARED:
 http://www.4shared.com/rar/njyEe2imce/Viagem01.html
MINHATECA:
http://minhateca.com.br/spacemonster/viagem+fundo+mar+2+temp+dublado+e+legendado/Viagem01,659656538.rar(archive)

AUDIO INGLÊS LEGENDAS SRT EM PORTUGUÊS
4SHARED:
http://www.4shared.com/rar/ZhwauA_pba/viagem_ingles1.html
MINHATECA:
http://minhateca.com.br/spacemonster/viagem+fundo+mar+2+temp+dublado+e+legendado/viagem+ingles/viagem+ingles1,660427745.rar(archive)

 Episódio - A Bomba Humana
DUBLAGEM CLÁSSICA
4SHARED:
MINHATECA:

AUDIO INGLÊS LEGENDAS SRT EM PORTUGUÊS
4SHARED:
http://www.4shared.com/rar/y3MC7CM5ba/viagem_ingles2.html
MINHATECA:
http://minhateca.com.br/spacemonster/viagem+fundo+mar+2+temp+dublado+e+legendado/viagem+ingles/viagem+ingles2,660469760.rar(archive)


3º Episódio - O Submarino Naufragado
DUBLAGEM CLÁSSICA
4SHARED:
4º Episódio - O Cyborg
DUBLAGEM CLÁSSICA
4SHARED:
MINHATECA:

AUDIO INGLÊS LEGENDAS SRT EM PORTUGUÊS
4SHARED:
MINHATECA:

5º Episódio - Fuga de Veneza
DUBLAGEM CLÁSSICA
4SHARED:
MINHATECA:

AUDIO INGLÊS LEGENDAS SRT EM PORTUGUÊS
4SHARED:
MINHATECA:

6º Episódio - O Canhoto
DUBLAGEM CLÁSSICA
4SHARED:
MINHATECA:


7º Episódio - O Jogo Perigoso
DUBLAGEM CLÁSSICA
4SHARED:
MINHATECA:

AUDIO INGLÊS LEGENDAS SRT EM PORTUGUÊS
4SHARED:
MINHATECA:

8º Episódio - O Gigante Submarino
DUBLAGEM CLÁSSICA
4SHARED:
MINHATECA:

AUDIO INGLÊS LEGENDAS SRT EM PORTUGUÊS
4SHARED:
MINHATECA:


10º Episódio - Os Sabotadores Silenciosos
11º Episódio - O Rapto do Cientista

12º Episódio - A Revolta das Máquinas

13º Episódio - O Monstro do Espaço

AGUARDEM NOVOS EPISÓDIOS DURANTE A SEMANA

14º Episódio - Terror na Ilha dos Dinossauros


15º Episódio - O Submarino Renegado


16º Episódio - O Monstro das Profundezas


17º Episódio - A Nave Fantasma


18º Episódio - Céu em Chamas


19º Episódio - O Soro da Juventude


20º Episódio - A Baleia Gigantesca


21º Episódio - 


22º Episódio


23º Episódio


24º Episódio


25º Episódio


26º Episódio


WHEN DINOSAURS RULED THE EARTH aka QUANDO OS DINOSSAUROS DOMINAVAM A TERRA – 1970


VENHA PARA A ERA DO MEDO PELO DESCONHECIDO,
CULTOS PAGÃOS E SACRIFÍCIO DE VIRGENS...

Dos mesmos criadores de “One Million Years B.C.”,
um espetáculo ainda mais grandioso...

WHEN DINOSAURS RULED THE EARTH



SINOPSE:

Numa época em que Terra era dominada pelos dinossauros e a lua ainda não existia, uma primitiva tribo de humanos adoradores do Sol preparava-se para o sacrifício de três lindas loiras, num penhasco à beira-mar, quando acontece uma estranha tempestade. Uma delas, Sanna (Victoria Vetri), cai nas águas e sobrevive à queda. Ela é salva do afogamento por Tara (Robin Hawdon), um guerreiro de uma tribo vizinha e que estava numa jangada pescando com alguns amigos. Os adoradores do Sol partem em direção à tribo vizinha para resgatar a loira e concluir o ritual. Para continuar viva, ela precisa fugir de seus brutais perseguidores e enfrentar sozinha todos os terríveis perigos daquele mundo selvagem e cruel.


DIREÇÃO:


Val Guest

ELENCO:

Victoria Vetri ............ Sanna
Robin Hawdon ............ Tara
Patrick Allen ............ Kingsor
Drewe Henley ............ Khaku
Sean Caffrey ............ Kane
Magda Konopka ............ Ulido
Imogen Hassall ............ Ayak
Patrick Holt ............ Ammon



Formato: DVDRip XviD Avi
Tamanho do arquivo: 1,22GiB
Duração: 1h 39min
Cor: colorido
Proporção da imagem: 1.731 : 1 (720x416)
Idioma: cavernícola (com introdução em inglês)
Legendas: português (srt, na pasta) – apenas da introdução

Links para download (em 4 partes, Mega e pCloud):


senha p/ descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com







COMENTÁRIOS:
por Carlos Solrac

When Dinosaurs Ruled the Earth (1970) é um filme britânico produzido pela Hammer e dirigido por Val Guest.

Val Guest também dirigiu, entre outros, The Quatermass Xperiment (1955), Quatermass 2 (1957), The Abominable Snowman (1957) e The Day the Earth Caught Fire (1961).

Após o enorme sucesso de One Million Years B.C. (1966) a Hammer sabia que tinha em mãos uma fórmula infalível: bastava juntar dinossauros com um elenco estrelado por belas mulheres em ousados trajes pré-históricos que o sucesso estaria garantido. Segundo o IMDb (Internet Movie Database), embora as filmagens já estivessem concluídas em 1968, os efeitos especiais de Jim Danforth não ficaram prontos e o filme só estreou em 1970.

Exceto pela breve introdução em inglês, feita pelo narrador no início do filme, When Dinosaurs Ruled The Earth é inteiramente falado no idioma “cavernícola”. Isso significa que será preciso usar a imaginação para entender o que os personagens estão “falando”. Caso pretenda assistir, não se esqueça também que esse filme tem 1h39min de duração. Portanto, prepare-se: quem não estiver realmente interessado dificilmente conseguirá passar dos 10 minutos de exibição.
























Se em One Million Years B.C. (1966) a história acontecia a dez mil séculos antes de Cristo (o título em português deu um bom desconto e baixou para Mil Séculos Antes De Cristo), a ideia agora seria recuar ainda mais no tempo. Para When Dinosaurs Ruled The Earth foi escolhida uma época em a lua ainda não existia.

O chefe da tribo das montanhas, Kingsor (Patrick Allen), acreditava que o único jeito de garantir que o sol sempre voltasse a brilhar depois de cada noite, era sacrificando lindas loiras (curiosamente naquela cultura, ser loira e bonita não era, definitivamente, algo vantajoso).

Durante um desses rituais de sacrifício, num penhasco à beira-mar, surge uma tempestade (que deve ter sido provocada por alguma espécie de “vento solar” ou coisa parecida) e uma dessas loiras, Sanna (Victoria Vetri), cai no mar e sobrevive. Ela é salva por Tara (Robin Hawdon), um sujeito de uma tribo vizinha, que junto com Khaku (Drewe Henley) e mais outros dois amigos tinham saído para pescar numa jangada e agora enfrentavam o mar revolto devido a tal tempestade.

Quando retornam sãos e salvos, são recebidos com alegria pelo povo de sua tribo. Mais felizes ainda estão Ayak (Imogen Hassall), a morena que é a mulher de Tara, e Ulido (Magda Konopka), uma outra morena que é a mulher de Khaku.


          Sanna                                                         Ayak                                                         Ulido
(Victoria Vetri)                                       (Imogen Hassall)                                        (Magda Konopka) 

  Mas Ayak não permanecerá feliz por muito tempo ao perceber que seu homem, Tara, está de olho na loira Sanna que ele trouxe a tiracolo.

Ulido, Sanna e Ayak

Kane (Sean Caffrey), um dos homens da tribo das montanhas e braço direito de Kingsor, viu que Sanna sobreviveu e conta ao seu chefe. Então eles partem em direção a tribo da praia com o objetivo de recuperar a loira. Kingsor, o chefe da tribo das montanhas, tem uma conversa com Ammon (Patrick Holt), o chefe da tribo da praia, e solicita que a loira seja devolvida para que ela possa ser levada de volta à beira do penhasco e o “ritual” ser concluído.

Mas a loira Sanna não estava a fim de participar novamente daquele “ritual”, e então, ela se manda. E sua aventura tem início. Agora só nos resta torcer para que aquela linda, encantadora, frágil, inocente, corajosa e sortuda loira, escape daquele bando de tapados pré-históricos.

Esse é outro daqueles filmes em que dinossauros e humanos convivem lado a lado. Os dinossauros de “massinha” são de Jim Danforth. A qualidade dessa animação “stop-motion” é excelente A naturalidade com a qual os “bichos” se movimentam é impressionante. Para conhecer outros trabalhos de Jim Danforth consulte a página dedicada a ele no IMDb:

Victoria Vetri é uma atriz norte-americana nascida em São Francisco, na Califórnia, em 26 de setembro de 1944. Sua carreira artística começou em 1962 adotando o nome artístico de Angela Dorian e fazendo pequenas participações em seriados para televisão.

Imogen Hassall (25 agosto 1942 - 16 novembro 1980) foi uma atriz inglesa que atuou durante os anos 1960 e 1970. Com seus longos cabelos escuros e seios fartos, era bastante conhecida do público britânico. Para seu desgosto, sua fama foi breve e ela nunca se tornou uma estrela. Mas devido a sua presença constante em festas e estreias de filmes usando trajes bem decotados, nos quais se destacavam seus generosos seios, ficou conhecida como “The Countess of Cleavage” (Countess, em português, significa Condessa e “Cleavage”, pode ser traduzido literalmente por divisão ou no sentido informal em inglês, é o nome que se dá àquela separação entre os seios de uma mulher, especialmente quando evidenciado por um decote sensual). Faleceu aos 38 anos, em Londres, após tomar uma overdose de pílulas para dormir.

Magda Konopka é uma ex-modelo e atriz polonesa nascida em 1943 na cidade de Varsóvia. Ela desfrutou de muita popularidade na Itália ao se especializar em papéis sensuais e eróticos durante a década de 1970.



Conheça os principais personagens de
When Dinosaurs Ruled The Earth (1970)

Sanna
(Victoria Vetri)

Essa loira estava para ser sacrificada ao sol mas escapa no último instante. Ela terá que fugir dos seus brutais perseguidores e enfrentar sozinha todos os terríveis perigos daquele mundo selvagem e cruel se quiser permanecer viva e saudável.



Kingsor
(Patrick Allen)

Esse é o chefe do povo das montanhas. Ele acredita que o sacrifício de lindas loiras é o único meio de garantir que o sol brilhe dia após dia.





Kane
(Sean Caffrey)

É o braço direito do chefe da tribo das montanhas. Pode até não parecer, mas tem mais juízo que o seu chefe.





Tara
(Robin Hawdon)

Esse é o sujeito que foi pescar e salvou a loira Sanna de morrer afogada nas águas do mar revolto. É o líder dos homens da tribo da praia. Sua mulher é a morena Ayak.





Ayak
(Imogen Hassall)

Essa morena é a mulher de Tara. Ela não vai gostar nenhum pouco ao ver que seu homem voltou da pescaria com uma loira nos braços.





Khaku
(Drewe Henley)

É amigo de Tara. Se você precisar de ajuda para enfrentar um dinossauro, pode contar com ele. A mulher dele é a morena Ulido




Ulido
(Magda Konopka)

Essa morena é a mulher de Khaku e amiga de Ayak.






Ammon
(Patrick Holt)

Esse sujeito o chefe da tribo da praia. Ele cuida para que todos ali vivam em harmonia.








WHEN DINOSAURS RULED THE EARTH
SCREENSHOTS



A postagem específica sobre When Dinosaurs Ruled The Earth termina aqui. O texto a seguir não está diretamente relacionado com esse filme. Trata-se de um complemento, apenas a título de curiosidade.



Victoria Vetri
aka Angela Dorian

Esta não é uma biografia completa sobre a vida da atriz Victoria Vetri. Mostra apenas o período próximo da estréia de When Dinosaurs Ruled The Earth e as últimas notícias disponíveis sobre ela na internet (junho de 2015).

Victoria Vetri (Victoria Cecilia Vetry) é uma atriz norte-americana, filha de imigrantes italianos, nascida em São Francisco, na Califórnia, em 26 de setembro de 1944. Sua carreira artística começou em 1962 adotando o nome artístico de Angela Dorian e fazendo pequenas participações em seriados para televisão.

Com o nome artístico de Angela Dorian, ela foi escolhida pela revista Playboy americana na edição de setembro de 1967 para ser a “Playmate of the Month - Miss September 1967. Foi descrita como sendo uma multitalentosa atriz da TV que naquele momento fazia sua transição para as telas dos cinemas ao coestrelar, ao lado de Rod Taylor e Ernest Borgnine, o faroeste Chuka (Gordon Douglas, 1967). Segundo a revista, Angela Dorian gostava de cantar, dançar, desenhar, era compositora, tocava violão e adorava carros esportivos. Tinha 5’5” (1,65m) de altura e pesava 109 lbs (49,5kg), cabelos e olhos castanhos, 36” (91cm) de busto, 21” (53cm) de cintura, 35” (89cm) de quadril.


Com todos esses predicados, os produtores da Hammer estavam convencidos que essa Playmate era a escolha ideal para rechear o biquini pré-histórico que seria usado pela personagem Sanna em When Dinosaurs Ruled The Earth. A morena Angela Dorian se recusou a tingir seus cabelos para interpretar a loira Sanna, mas concordou em usar uma peruca loira. E foi creditada como Victoria Vetri.

Angela Dorian também posou e foi capa da edição da revista Playboy americana de maio de 1968 por ter sido eleita a “Playmate of the Year - 1968. No “Playboy Playmate Calendar 1969 ela foi a Miss June e no “Playboy Playmate Calendar 1970 ela foi a Miss May. Aos 39 de idade voltou a posar para a Playboy, dessa vez para a Playmates Forever, Part II edição de abril de 1984.

Na missão Apolo 12, em novembro de 1969, a foto de Angela Dorian publicada no “Playboy Playmate Calendar 1970 foi escaneada e inserida na “Cuff Checklist” das atividades extraveiculares que os astronautas deveriam consultar durante o passeio lunar. “Cuff Checklist” é o nome que se dá a um pequeno bloco de notas com um resumo (lembrete) das atividades a serem executadas e que são afixadas no braço do traje espacial (veja foto abaixo).


Mas Angela Dorian não estava sozinha na lua. Outras três Playmates deste mesmo calendário também a acompanharam durante o passeio lunar. O que foi grande uma surpresa para o comandante da missão Charles "Pete" Conrad e também para Alan L. Bean, o piloto do Módulo Lunar.

- Angela Dorian - Apollo 12 mission - Charles “Pete” Conrad's Cuff Checklist -
SEEN ANY INTERESTING HILLS & VALLEYS ?
OBSERVOU COLINAS e VALES INTERESSANTES?

Na “Cuff Checklist” do comandante da missão, Charles "Pete" Conrad, acompanhando Angela Dorian, também estava a Playmate Reagan Wilson (mês de setembro do “Playboy Playmate Calendar 1970” e que também foi a Miss October 1967) com o seguinte lembrete: Preferred Tether Partner”, referindo-se a um procedimento especial que exigiria a partilha de recursos de suporte de vida entre os astronautas.

Na “Cuff Checklist” do piloto do Módulo Lunar, Alan L. Bean, estavam presentes outras duas Playmates. Uma delas era Cynthia Myers (mês de dezembro do “Playboy Playmate Calendar 1970” e que também foi a Miss December 1968) com o seguinte lembrete: “Don’t forget: Describe the protuberances” ou seja, "Não se esqueça: Descreva as protuberâncias”. A outra Playmate era Leslie Bianchini (mês de outubro do “Playboy Playmate Calendar 1970” e que também foi a Miss January 1969) com o seguinte lembrete: "Survey - Her Activity", um trocadilho com a Surveyor III, uma nave não tripulada que foi visitada pelos dois astronautas da Apollo 12 em solo lunar (Survey significa: inspecionar, olhar, examinar cuidadosamente).

Sozinho a bordo do Módulo de Comando, no silêncio e na solidão da órbita lunar, o astronauta Richard Gordon (piloto do Módulo de Comando da Apollo 12) também descobriu uma companhia surpresa em sua cabine. Dentro de um dos armários (uma espécie de caixa) do módulo espacial estava a página daquele mês de novembro de 1969 do “Playboy Playmate Calendar 1969 com a Playmate DeDe Lind (que também foi a Miss August 1967).


Cuff Checklist” de Charles “Pete” Conrad:
Angela Dorian, Miss September 1967 - 1970 Playmate Calendar, month of May

Reagan Wilson, Miss October 1967 - 1970 Playmate Calendar, month of September

Cuff Checklist” de Alan L. Bean:
Cynthia Myers, Miss December 1968 - 1970 Playmate Calendar, month of December

Leslie Bianchini, Miss January 1969 - 1970 Playmate Calendar, month of October


Mais recentemente, aos 66 anos de idade e agora usando o nome de Victoria Rathgeb, Victoria Vetri voltou às manchetes dos jornais após ter dado um tiro no peito de seu marido, Bruce Rathgeb, com quem estava casada havia 25 anos. A tentativa de homicídio ocorreu em 16 de outubro de 2010.

Bruce Rathgeb testemunhou que deixou o apartamento do casal depois que sua esposa o acusou de ser infiel, e que enquanto esperava pelo elevador no hall do prédio onde moravam, sua esposa Victoria deu-lhe um tiro no peito.

Victoria disse que ela e seu marido haviam começado uma discussão dentro do apartamento e depois que ele pegou suas coisas e saiu, ela pegou sua arma e foi atrás dele. Mas só puxou o gatilho depois que seu marido lhe deu um tapa na cara.

Em 7 de setembro de 2011 ela foi condenada, na Califórnia, a 9 anos de prisão.

Maiores detalhes sobre sua biografia e filmografia podem ser obtidos consultando-se o site do IMDb na página dedicada a atriz Victoria Vetri:



Conheça (ou relembre)
alguns dos trabalhos de Angela Dorian / Victoria Vetri

GUERRA SOMBRA E ÁGUA FRESCA
Hogan's Heroes (TV Series 1965–1971)

The Crittendon Plan
(Season 3 – Episode #1 - 1967)
- Episode 63 of 168 –


Angela Dorian é Carla, uma integrante de um grupo de resistência antinazista. Ela vai ajudar o coronel Hogan a parar um caminhão tanque nazista carregado de combustível para foguetes.



BATMAN
Batman (TV Series 1966–1968)

I'll Be A Mummy's Uncle
Uma Múmia Deste Mundo
(Season 3 – Episode #23 - 1968)
- Episode 117 of 120 –


Angela Dorian é Florence da Arábia, uma dançarina de dança do ventre que se apresenta numa espécie de Casa de Chá Egípcia em Gotham City. Na verdade, o local pertence ao rei Tut e a menção à dança do ventre num cartaz era apenas um disfarce. Para afastar possíveis frequentadores e curiosos, uma placa avisava que o local estava fechado devido a gastroenterite (doença que provoca diarréia e vômitos e está relacionada à intoxicação alimentar). Florence da Arábia é uma capanga-assistente puxa-saco que zela pelo bem-estar do rei Tut.

É nesse episódio que o rei Tut adquire um terreno bem ao lado da imponente mansão Wayne para ter acesso a um rico filão de Nilanium, o metal mais resistente e forte da Terra, e que por acaso a única reserva que ainda existia no mundo estava localizada exatamente sob a mansão Wayne, justamente onde ficava a Batcaverna.



JORNADA NAS ESTRELAS
Star trek (TV Series 1966–1969)

Assignment: Earth
Missão: Terra
(Season 2 – Episode #26 - 1968)
- Episode 55 of 79 -


Neste episódio a Enterprise volta ao século 20, mais precisamente ao ano de 1968. Sua missão: pesquisa histórica. Descobrir como a humanidade sobreviveu a um período tão crítico da sua história. Porém, alguns instantes após sua chegada, a nave é atingida por raio de energia vindo de algum lugar do universo. Na sala de teletransporte materializa-se um sujeito com um gato no colo. Ele se apresenta como sendo Gary Seven, um humano do século 20 enviado por uma civilização avançada para impedir que a humanidade se auto-destrua. O capitão Kirk desconfia das reais intenções daquele sujeito, pois humanos do século 20 não viajavam pelas galáxias em raios de energia. E o gato, que na verdade é uma gata de nome Ísis, parecia comunicar-se telepaticamente com o tal do Gary Seven.

Segundo o IMDb, quem deu vida apenas por alguns instantes à forma humana da gata Ísis foi a atriz Victoria Vetri, mas seu nome não foi creditado neste episódio de Star Trek.

A “covinha” no queixo é parecida, mas com toda aquela maquiagem fica difícil de se ter certeza. Enquanto Vetri tem olhos castanhos, Ísis parece ter olhos verdes, mas isso também não quer dizer muita coisa.



ROSEMARY'S BABY (Roman Polanski, 1968)
aka O BEBÊ DE ROSEMARY

Mia Farrow (a loira) e Angela Dorian (a morena)

Quando Rosemary Woodhouse (Mia Farrow) estava na lavanderia no subsolo do prédio onde morava, conhece uma moça a quem pensou que fosse Victoria Vetri, a atriz. A tal moça diz que muita gente pensa que ela é Victoria Vetri, embora não se ache assim tão parecida com essa atriz. Ela se apresenta como Terry Gionoffrio (Angela Dorian – conforme creditado no filme, e que na verdade é a própria Victoria Vetri). Terry Gionoffrio era a moça que usava aquele “amuleto” um pouco fedorento no pescoço.

Foi Roman Polanski, seu diretor em ROSEMARY'S BABY, que sugeriu que Victoria Vetri (naquele momento, Angela Dorian) passasse a usar definitivamente na vida artística o seu verdadeiro nome.



TERRA DE GIGANTES
Land of Giants (TV Series 1968–1970)

The Marionettes
As Marionetes
(Season 2 – Episode #23 - 1970)
- Episode 49 of 51 -


Nesse episódio, os pequeninos estão num parquinho bem fuleiro a fim de “descolar” alguns explosivos. Naquele momento estava acontecendo uma audição para contratação de novas atrações. Entre os interessados estão um atirador de facas e sua “partner” Lisa (Victoria Vetri), e também um velhinho que trabalhava com marionetes.

Um terrível e feroz gorila que pertencia ao parquinho consegue escapar da jaula e algum tempo depois captura Valerie (uma cena que nos faz lembrar de King Kong). O bom velhinho das marionetes salva Valerie das garras daquele terrível gorila. Logo em seguida o bom velhinho também salva Betty de ser cortada ao meio por uma traiçoeira armadilha dos gigantes. Porém ao desarmá-la, sua mão é machucada e ele fica impossibilitado de manipular suas preciosas marionetes, o que o impediria de conseguir o emprego no tal parquinho. Em sinal de gratidão, Betty e Fitzhugh decidem ajudá-lo disfarçando-se de marionetes.

Mas o ambicioso e malvado dono do parquinho captura alguns dos pequeninos. O bom velhinho, e agora com a ajuda de Lisa (Victoria Vetri), terá que salvar os nossos amiguinhos.

INVASION OF THE BEE GIRLS (Denis Sanders, 1973)
aka INVASÃO DAS MULHERES ABELHAS

William Smith e Victoria Vetri – versão em DVD

Esse filme é um digno representante do assim chamado “cinema trash” dos anos 1970. Mas, exatamente por isso, é muito bom. Tudo é tratado com muita seriedade, mesmo as situações mais absurdas possíveis.

Na pequena cidade de Peckham, na Califórnia, um homem é encontrado morto num motel. Ele é identificado pela polícia como sendo o Dr. Grubowsky, que trabalhava para o Centro de Pesquisas Brandt. Sua área de atuação era Guerra Bacteriológica e pelo fato receber verbas do governo, o agente especial Neil Agar (William Smith) é enviado para fazer as investigações de costume. Durante a autópsia o legista chega a conclusão que a morte ocorreu devido a um ataque cardíaco causado por um prolongado e excessivo esforço durante a relação sexual. No entanto a Sra. Grubowsky, que não estava com ele no motel, afirmava que seu marido nunca teve problemas cardíacos. Outras mortes suspeitas, e com a mesma causa mortis de acordo com o legista, começam a acontecer naquela cidade, inclusive de homens bem mais jovens e também sem históricos de problemas no coração.

Julie Zorn (Victoria Vetri), a responsável pela biblioteca do Centro de Pesquisas e que também auxiliava o Dr. Grubowsky nos seus relatórios sobre Guerra Bacteriológica, vai ajudar o agente Neil Agar em suas investigações.

Existem duas versões disponíveis desse filme. Uma em VHS no formato 1.33:1 (4:3) e outra em DVD no formato 16:9 e que foi remasterizada a partir do original 1.33:1. A edição em DVD tem uma ótima qualidade de vídeo, mas para ajustá-lo ao novo formato cortaram um pouco da imagem original na parte superior e inferior da tela. Alguns outros “ajustes” também foram feitos nessa nova edição. O principal deles foi a supressão de um pequeno trecho de um jogo de sedução feito pela Sra. Harriet (Beverly Powers) para com o seu marido, o Dr. Stan Williams (Sid Kaiser).

Também foi relançado nos EUA com o título alternativo de Graveyard Tramps.



EXTRA

Especialmente para os que assistiram One Million B.C. (1940), One Million Years B.C. (1966) e When Dinosaurs Ruled The Earth (1970) e/ou que também apreciam as comédias italianas da década de 1970, deixo como sugestão três filmes (falados em italiano e sem legendas em português) que aproveitaram a onda pré-histórica tão em voga naquela época.

Avisos importantes:
- Para quem aprecia apenas comédias refinadas e sofisticadas, por favor, não perca tempo assistindo a essas três que indico a seguir. Suponho que já deu para entender o que estou tentando dizer, certo?

- Lembre-se também que esses três filmes são falados em italiano e não possuem legendas em português. Mas quem entendeu um filme falado em “cavernícola” muito provavelmente não terá dificuldades para entender a esses três falados em italiano.


* * * * * * * * * * * * * * * * * * *


Quando le Donne Avevano la Coda (Pasquale Festa Campanile, 1970)
aka When Women Had Tails
aka Quando as Mulheres Tinham Rabo



Formato: TVRip Xvid Avi (qualidade razoável)
Tamanho do arquivo: 907MB
Duração: 1h 42min
Cor: colorido
Proporção da imagem: 16:9 (608x336)
Idioma: italiano
Legendas: sem legendas

Obs.: a imagem original foi cortada para se ajustar ao formato 16:9 deste TVRip.

Link para o torrent (pCloud):

senha p/ descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com





Sinopse:
Na pré-história, sete garotinhos abandonados à própria sorte conseguem sobreviver sozinhos numa ilha isolada e tornam-se adultos. Viviam felizes até que precisaram procurar um novo lugar para morar. Depois de algum tempo perdidos no mar encontram terra firme. Certo dia, capturam numa de suas armadilhas um animal muito estranho. Era uma mulher, mas eles não sabiam o que era. Nunca tinham visto uma. E naquele tempo, as mulheres tinham rabo...

Elenco:
Senta Berger (Filli), Giuliano Gemma (Ulli), Frank Wolff (Grr), Renzo Montagnani (Maluc), Lino Toffolo (Put), Francesco Mulé (Uto), Aldo Giuffrè (Zog), Lando Buzzanca (Kao), Paola Borboni (Líder da Tribo das Mulheres das Cavernas)


* * * * * * * * * * * * * * * * * * *


Quando gli uomini armarono la clava e... con le donne fecero din-don (Bruno Corbucci, 1971)
aka When Men Carried Clubs and Women Played Ding-Dong
aka When Women Played Ding Dong
aka Quando as Mulheres Faziam Dim Dom



Formato: TVRip Xvid Avi (qualidade razoável)
Tamanho do arquivo: 948MB
Duração: 1h 33min
Cor: colorido
Proporção da imagem: 16:9 (576x320)
Idioma: italiano
Legendas: leia a Nota 1

Obs.: a imagem original foi cortada para se ajustar ao formato 16:9 deste TVRip.

Link para o torrent e legendas (pCloud):

senha p/ descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com






Nota 1:
O arquivo srt (de legendas) que acompanha o torrent não é dos diálogos entre os personagens. Trata-se apenas de uma tradução livre da música cantada durante os créditos iniciais e do texto exibido no final desse filme.

Sinopse:
Nos tempos pré-históricos, e numa certa região, haviam duas tribos vizinhas: os “Cavernícolas” (que viviam em cavernas) e os “Acquamanni” (que viviam em palafitas sobre as águas). E seu passatempo preferido era fazer “dim-dom”. A cada quatro luas era feita uma competição de “derrubamento de animal feroz” para que um dos homens das tribos conseguisse sua virgem. Numa dessas competições, o jovem “cavernícola” Ari (Antonio Sabàto) é o vencedor e como prêmio recebe Listra (Nadia Cassini), uma linda virgem “acquamanni” e por quem estava realmente apaixonado. Listra também era apaixonada por Ari. Porém, os “Acquamanni” ficaram revoltados com a derrota e como represália cortaram fornecimento de água dos “Cavernícolas”. A guerra entre as tribos foi declarada. Os homens agora só pensavam em lutar. Isso também afetou as mulheres, pois seus homens não tinham mais a mesma disposição para fazer “dim-dom”. Listra, que era esperta, propõe que as mulheres de ambas as tribos façam uma greve de “dim-dom”. Ou os homens acabavam com a guerra ou ninguém mais fazia “dim-dom”...
Mas como saber se no intervalo entre as quatro luas a virgem em questão não havia perdido um pouco de sua “verginanza”. Para os “Cavernícolas” era muito simples. Bastava ficar atento ao fogo sagrado. Se o fogo não se apagasse, a virgem continuava sendo virgem. O que eles não sabiam era que aquele fogo sagrado nunca se apagava. Mas, ao que tudo indica, a virginal Listra era mesmo virgem.

Elenco:
Antonio Sabàto (Ari), Nadia Cassini (Listra), Aldo Giuffrè (Gott), Vittorio Caprioli (Gran Profe), Howard Ross (Mash), Elio Pandolfi (Lonno), Lucretia Love (Lella), Pia Giancaro (Bea), Gisela Hahn (Sissi)


* * * * * * * * * * * * * * * * * * *


Quando le Donne Persero la Coda (Pasquale Festa Campanile, 1972)
aka When Women Lost Their Tails
aka Quando as Mulheres Perderam o Rabo



Formato: XviD Avi
Tamanho do arquivo: 929MB
Duração: 1h 37min
Cor: colorido
Proporção da imagem: 1.85 : 1 (720x384)
Idioma: italiano
Legendas: leia a Nota 2

Link para o torrent e legendas (pCloud):

senha p/ descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com








Nota 2:
O arquivo srt (de legendas) que acompanha o torrent não é dos diálogos entre os personagens. Trata-se apenas de uma tradução livre das frases escritas nas pedras que são mostradas durante a exibição desse filme.

Sinopse:
Filli (Senta Berger) e outros cinco homens das cavernas de "Quando le Donne Avevano la Coda" viviam suas vidas chatas e despreocupadas em sua pequena comunidade. Até que um dia apareceu Ham, um homem das cavernas de uma civilização superior, que percebendo a ingenuidade de seus novos “amigos” decide explorá-los para benefício próprio. E depois que Ham introduz o conceito do “Sghe” (dinheiro), suas vidas mudam completamente...

Elenco:
Senta Berger (Filli), Lando Buzzanca (Ham), Frank Wolff (Grr), Renzo Montagnani (Maluc), Lino Toffolo (Put), Francesco Mulé (Uto), Aldo Puglisi (Zog), Fiammetta Baralla (Katorcia), Mario Adorf (Pap, o comerciante)

Observações:
- Enquanto Quando le Donne Avevano la Coda foi rodado em externas, Quando le Donne Persero la Coda foi inteiramente rodado em estúdio.

- Lando Buzzanca foi o “inventor” Kao em Quando le Donne Avevano la Coda.


* * * * * * * * * * * * * * * * * * *