segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

UM JOGO DE VIDA OU MORTE AKA GRACE QUIGLEY (1984)

SINOPSE: Grace Quigley é uma viúva idosa que está chegando ao fim da sua vida, morando sozinha em seu apartamento em Nova York. Um dia, ela testemunha o assassinato do seu senhorio, e por acaso descobre o nome do assassino: Seymour Flint. Ela decide então ir atrás do criminoso com a intenção de chantageá-lo para que ele mate ela mesma, que está desgostosa com a vida. No entanto, antes de matá-la, Seymour terá que se “livrar” de alguns amigos dela antes.

DIREÇÃO:
Anthony Harvey

ELENCO:
Katharine Hepburn....................Grace Quigley
Nick Nolte...............................Seymour Flint
Kit Le Fever.............................Muriel
Chip Zien................................Doutor Herman
William Duel............................Harvey Jenkins
Elizabeth Wilson........................Emily Watkins
Walter Abel..............................Homer Morrison
Frances Pole.............................Sarah Hodgkins
Truman Gaige............................Sam Pincus
Paula Trueman...........................Dorothy Trugert
Christopher Murney.....................Max Putnam

Formato: DVD-Rip/MKV
Tamanho do arquivo: 1,3GB
Duração: 1h23min
Proporção da imagem: 16:9 (720X400)
País de origem: EUA
Idioma: Inglês
Legendas: Português (Embutidas no arquivo e traduzidas por Major)


LINKS DO FILME NUMA PASTA NO GOOGLE DRIVE:


Senha para descompactar:
cinespacemonster.blogspot.com.br


OBSERVAÇÃO: Este filme foi compactado e dividido usando a extensão “7-Zip”, caso não consiga extrair com o WinRAR ou o WinZIP basta usar o 7-Zip Portable, que além de ser leve, não precisa ser instalado.


CURIOSIDADES: O final original mostraria Seymour Flint se afogando em uma tentativa de salvar a vida de Grace quando esta entra no oceano para se suicidar. Depois de uma reação negativa numa exibição prévia, o final foi alterado para um mais feliz.
Durante a produção, Nick Nolte estava, às vezes, tão embriagado que Katharine Hepburn o acusou de "cair bêbado em todas as sarjetas da cidade".
O site "The Film Experience" afirmou que durante as filmagens de Grace Quigley, Katharine Hepburn bateu o carro em uma árvore. Ela fraturou o tornozelo e foi efetivamente atrapalhada por alguns meses.
Este foi o último papel principal em um longa metragem para cinema da lendária atriz Katharine Hepburn.
Existe uma lenda interessante sobre a pré-produção deste filme. De acordo com ela A. Martin Zweiback (Um aclamado Produtor/Diretor/Roteirista norte-americano) deixou um resumo de 25 páginas do roteiro do filme na casa do Diretor George Cukor, em 1972. Katharine Hepburn na época estava hospedada lá, se recuperando de uma cirurgia. Esse roteiro acabou caindo nas mãos dela, que se apaixonou. Além de Hepburn, outro interessado em participar do filme foi Steve McQueen, que gostaria de fazer o papel de Seymour. Mas nada em Hollywood é tão fácil, o filme “Ensina-me a Viver” havia sido lançado um ano antes, e sua temática era semelhante a de “Grace Quigley”, o que acabou freando a produção deste filme. Já em 1979, a Columbia Pictures concordou em financiar a produção mas com Nick Nolte no papel que Hepburn queria para McQueen, a direção ficaria a cargo de A. Martin Zweiback, mas Nolte recuou e, quando retornou, em 1983, foi a Columbia quem recuou. Foi aí que a Cannon Films entrou em cena. Eles puseram o dinheiro, e outra coisa mudou, Anthony Harvey o diretor de “O Leão no Inverno” de 1968 (Filme no qual Hepburn ganhou seu terceiro Oscar), se feriu gravemente em um acidente de carro. Hepburn prometeu que Harvey iria dirigir seu próximo filme, que circunstancialmente, acabou sendo "Grace Quigley". Zweiback elegantemente se afastou, sob a condição de que ele e sua esposa fossem creditados como produtores executivos e autorizados no set de filmagem. Mas Harvey não o queria por perto, talvez com receio que ele “tomasse” o seu filme. Harvey ameaçou desistir da direção caso visse os Zweibacks em Nova York, onde o filme seria rodado. Os Zweibacks não tiveram nenhum envolvimento até a estreia do filme no Festival de Cannes de 1984, onde recebeu críticas negativas unânimes.
O filme foi controverso para muitos críticos e o público no seu lançamento original por causa do seu humor negro, que brincava com um assunto sério que era a eutanásia voluntária de pessoas idosas.
Algumas cópias em vídeo do filme traziam o título de "A Solução Definitiva de Grace Quigley" no rótulo da fita ou na capa do seu estojo, mas na película ficou mesmo seu título mais curto: “Grace Quigley".
Uma sequência, intitulada "Grace Quigley 2, Gracie", foi planejada, mas Katharine Hepburn faleceu antes do início das filmagens.

8 comentários:

  1. Filme muito , muito , bom nunca tinha visto, adorei , suspense, como só nessa época se fazia, adorei, com 2 protagonistas incríveis, adorei, K.Hepburn e Nick Note, mais um filme delicioso de se ver dos anos 80
    VALEU MAJOR !!!

    ResponderExcluir
  2. Conheci esse filme aqui nessa postagem. Baixei e adorei. A velhinha é uma negociante nata. :-D Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Não deu certo com esse 7 zip. Estranho que só um arquivo veio compactado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alex, se olhar nos comentários do Carlos e do Paulo, ambos dizem que baixaram e assistiram ao filme sem problemas, logo não há problema com os arquivos.

      Excluir
  4. Adorei!!!
    Muito grata por esta pérola
    Cintia

    ResponderExcluir

Para os que comentam anônimos, por não serem membros, pedimos que coloquem seus nomes ou apelidos no final ou inicío da mensagem