sexta-feira, 15 de novembro de 2013

THE CURSE – aka A MALDIÇÃO - RAÍZES DO TERROR - 1987



SINOPSE:

Nathan Crane (Claude Akins) é um fazendeiro extremamente religioso e temente a Deus. Certa noite, cai em sua propriedade algo que todos pensaram ser um simples meteorito. Logo em seguida, toda a produção agrícola de sua fazenda começou a se desenvolver como jamais tinha visto. A princípio ele acreditou que aquilo que havia caído do céu era uma benção de Deus. Mas algum tempo depois coisas estranhas começaram a acontecer naquele lugar. O que antes parecia ter sido uma benção divina, passou a ser visto como um terrível castigo enviado por Deus...

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

1984 - ADAPTAÇÃO FEITA PELA BBC COM PETER CUSHING - 1954



SINOPSE:

Dois anos antes da primeira adaptação para o cinema, a BBC realizou esta adaptação televisiva do romance. Esta adaptação provou ser altamente controversa, tendo sido questionada no Parlamento e recebido várias reclamações de telespectadores devido a seu conteúdo supostamente subversivo e de natureza perversa. Numa pesquisa conduzida pelo British Film Institute (Instituto Britânico de Cinema) para determinar os cem melhores programas de televisão da Grã-Bretanha do século XX, esta adaptação de 1984 apareceu na septuagésima terceira posição
Sendo até hoje considerada a melhor adaptação do livro de George Orwell

DIREÇÃO E PRODUÇÃO

Rudolph Cartier

ADAPTAÇÃO PARA TV

Nigel Kneale

ELENCO

Peter Cushing
André Morell
Yvonne Mitchell
Donald Pleasence
Arnold Diamond
Campbell Gray
Richard Williams

Formato: Avi / DVDRip
Tamanho: 1,36 giga
Duração: 107 minutos
Idioma: Inglês
Legendas: Português (srt na pasta) / TRADUZIDAS E SINCRONIZADAS POR PETER HAMMILL EXCLUSIVAMENTE PARA O SPACE MONSTER.

Links em 4 partes 4shared


senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com





COMENTÁRIOS
por Peter Hammill

1984 é um distópico romance de George Orwell, publicado em 1949 que retrata um mundo em guerra perpétua, a vigilância do governo onipresente, e o controle da mente pública , ditada por um sistema político eufemisticamente chamado Socialismo Inglês (Ingsoc), sob o controle de uma elite privilegiada do Partido Interno, que persegue todo o individualismo e o pensamento independente, taxando-os com "Crime de Pensamento". A tirania é chefiada pelo “Big Brother”, o líder do Partido quase-divino que goza de um intenso culto de personalidade, mas que provavelmente nem exista. Big Brother e o Partido justificam sua tirania em nome de um suposto bem maior.
O protagonista do romance, Winston Smith, é membro do “Partido Externo” e trabalha para o "Ministério da Verdade" ( Minitrue ) , o qual é responsável pela propaganda e revisionismo histórico. Seu trabalho é re-escrever artigos de jornal do passado para que o registro histórico sempre apóie a linha de pensamento atual do Partido. Smith é um trabalhador diligente e hábil , mas ele secretamente odeia o Partido e alimenta os sonhos de rebelião contra o Big Brother.
Como ficção política literária e ficção científica distópica, Nineteen Eighty -Four é um romance clássico em conteúdo, enredo e estilo . Muitos de seus termos e conceitos , como o "Big Brother", "duplipensar" , "crime de pensamento", "Novilíngua", "Sala 101", "teletela" , "2 + 2 = 5", e "buraco da memória" , entraram uso diário desde sua publicação em 1949.
A história de como este mundo evoluiu para três estados é muito vaga. Parecem ter sidos criados em um período pós guerra nuclear e dissolução civil, em algum momento durante os anos 1950-60s .




Oceania

Oceania é aparentemente composta por: Américas, Grã-Bretanha (Londres, onde Winston Smith, o personagem principal vive é chamada de " Airstrip One"), Irlanda, Islândia , Austrália, Nova Zelândia e Sul da África (abaixo do rio Congo). Ela também controla , em diferentes graus e em vários momentos durante o curso de sua guerra eterna com ou Eurásia ou Lestásia - as regiões polares , a Índia , a Indonésia e as ilhas do Pacífico. Isto é descrito em "A Teoria e Prática do Coletivismo Oligárquico" por Emmanuel Goldstein, declarado inimigo público número um da Oceania, após a fusão do Império Britânico com os Estados Unidos . O livro de Goldstein também afirma que a principal defesa natural da Oceania é o mar que a rodeia . Esta pode ser a razão pela qual o partido destaca as fortalezas flutuantes .

A doutrina dominante da Oceania é "Ingsoc" , o termo em Novilíngua para Socialismo Inglês, que em última análise é a expressão máxima do exercício do poder . Seu líder nominal é Big Brother, o qual as massas acreditam ter sido o líder da revolução e ainda é usado como uma figura de proa do partido, mas atualmente pode estar morto, ou talvez nunca tenha existido. O culto da personalidade é mantida através da função do Big Brother como um ponto focal para o amor, medo e reverência, emoções que são mais facilmente sentidas em relação a um indivíduo do que para uma organização.



A língua não-oficial da Oceania é o Inglês (oficialmente Oldspeak ) ea língua oficial é o Novilíngua. A reestruturação da linguagem visa em última análise, eliminar até mesmo a possibilidade do pensamento político e social heterodoxo, eliminando as palavras desnecessárias para expressá-la .
A sociedade da Oceania é nitidamente estratificada em três grupos: o pequeno e exclusivo grupo, controlado pelo governo, o "Partido Interno" , o mais numeroso e altamente doutrinado "Partido Externo" , e o grande corpo de "Proles" politicamente incorretos e não doutrinados. Exceto por algumas raras exceções como a "Semana do Ódio", os proles permanecem essencialmente fora do controle político da Oceania, sendo mantido a ordem, através de distrações triviais como esportes ou jogos de azar, fazendo com que a "Polícia do Pensamento" gerencie facilmente qualquer Prole.

O Hino nacional da Oceania é "Oceania, Isto por Ti", que, em uma das três versões cinematográficas do livro, assume a forma de um crescendo de música de órgão , juntamente com letras líricas . As letras são cantadas em Inglês, e a música é uma reminiscência do God Save the Queen e Die Stem van Suid -Afrika .






Airstrip One

Airstrip One, uma província da Oceania, atua como a configuração primária. Está localizada na chamada antes, "Inglaterra ou Grã-Bretanha", e é o lar dos personagens principais do livro, incluindo seu protagonista, Winston Smith.
Até mesmo os nomes dos países e suas formas no mapa , são diferentes.
No romance, a Grã-Bretanha é uma província dentro da superpotência Oceania que corresponde aproximadamente aos continentes da Américas, África do Sul e Oceania (como explicado no capítulo 3 do livro de Goldstein ) .
Eurásia compreende toda a parte terrestre da Europa e Asia , a partir de Portugal até o Estreito de Bering. Oceania compreende as Américas, as ilhas do Atlântico , incluindo as Ilhas Britânicas, Austrália e porção sul da África. Lestásia , menor que os outros e com a fronteira ocidental menos definida , compreende a China e os países ao sul do mesmo, as ilhas japonesas e uma porção grande, mas variável, da Manchúria , da Mongólia e do Tibet.
Assim como toda a Europa, a Grã-Bretanha foi atingida por armas atômicas nos conflitos devastadores que vieram antes das revoluções, primeiro em Oceania e, em seguida, em outros lugares. Uma cidade britânica, Colchester, é referenciada especificamente como tendo sido destruída; flashbacks da infância de Smith também incluem cenas de londrinos que se refugiavam em túneis do metrô da cidade em meio a um bombardeio .

Eurásia

Está implícito que a Eurásia foi formada quando a União Soviética absorveu o resto da Europa continental, criando uma única nação que se estende desde Portugal até o estreito de Bering . A ideologia dominante da Eurásia é relatado no livro como "Neo- Bolchevismo", apesar de Orwell frequentemente descrever o rosto do padrão eurasiano como "Mongol", na novela, e não como um tipo eslavo. É relatado no livro de Goldstein que a posse da Mongólia (e com ela, a Manchúria ) está sempre oscilando entre Eurásia e Lestásia . Além disso, os únicos soldados (exceto os de Oceania) que aparecem na novela são os Eurasianos. Alguns eslavos são também mencionados, mas o estereótipo do Eurasiano mantido pelo partido é o Mongol , como o valete de O'Brien , Martin. No entanto, é perfeitamente possível que, pelo fato de Oceania estar sempre em guerra com a Eurásia ou Lestásia, as tropas "Eurásianas" mostrados para as multidões sejam realmente "Lestasianas", e as multidões sejam incapazes de saber a diferença. De acordo com o livro de Goldstein, a principal defesa natural do Eurasia são suas vastas terras , o que é mais uma semelhança com a União Soviética .


Lestásia

Não há muita informação sobre Lestásia no livro. Sabe-se que ela é o mais novo e mais pequeno dos três super-estados . De acordo com o livro de Goldstein, ela surgiu uma década após a criação dos outros dois superestados, em algum momento da década de 1960, logo após anos de uma " luta confusa" entre suas nações anteriores. Também é dito no livro que a diligência e a fecundidade do povo de Lestásia lhes permite superar sua insuficiência territorial , em comparação com as outras duas super-potências.
As fronteiras da Lestásia não são tão claramente definidas como os outros dois superestados , mas sabe-se que, pelo menos, compreendem a maior parte da atual China, Japão e Coréia. Sabemos também que a Lestásia captura e perde repetidamente a Indonésia , Nova Guiné e diversos arquipélagos do Pacífico . Sua ideologia política, de acordo com o romance, provém de uma expressão chinesa geralmente traduzida como "Culto da Morte", mas talvez seja melhor entendida como "Auto - Obliteração".



Área Disputada

A "área em disputa" , que está entre as fronteiras dos super- estados, forma um quadrilátero aproximado (veja mapa), com cantos em Tanger, Brazzaville, Darwin e Hong Kong. Esta área é disputada durante a perpétua guerra entre as três grandes potências, com uma potência exercendo o controle sobre vastas áreas do território em disputa, apenas para perdê-lo novamente na próxima vez que as alianças mudarem. O controle das ilhas do Pacífico e das regiões polares também está em constante mudança, embora nenhuma das três superpotências nunca ganha uma retenção duradoura sobre essas regiões . Os habitantes da área, não tendo fidelidade a qualquer nação, vivem em um constante estado de escravidão, independente de quem assuma o poder.

Relações internacionais

O mundo de 1984 permanece em um estado de guerra perpétua entre as três grandes potências . Em um determinado momento, dois dos três estados estão alinhados em relação ao terceiro, por exemplo Oceania e a Eurásia ou Lestásia e a Eurásia, contra Oceania. No entanto, como o livro de Goldstein aponta, cada super-Estado é tão poderoso que até mesmo uma aliança entre os outros dois não podem destruí-lo, o que resulta neste impasse sem fim. De tempos


MAPA MUNDI FICTÍCIO
clique para ampliar



SCREENSHOTS