segunda-feira, 23 de agosto de 2021

WHAT WE DO IN THE SHADOWS aka O QUE FAZEMOS NAS SOMBRAS - 2014


SINOPSE:
Viago (Taika Waititi), Deacon (Jonathan Brugh) e Vladislav (Jemaine Clement) são três vampiros que dividem uma casa. Algumas das dificuldades que eles têm na vida são a imortalidade, encontrar sangue humano em festas, lidar com a luz solar e a inadequação aos padrões sociais, além do pagamento de contas e, claro, a convivência



DIREÇÃO:
Jemaine Clemente


ELENCO:
Jemaine Clement
Taika Waititi
Jonathan Brugh
Cori Gonzalez-Macuer
Stu Rutherford 

Formato: MP4 / BRRip / 720P
Tamanho: 650MB
Duração: 85 minutos
Idioma: Inglês
Legendas: Português ( srt na pasta )

LINK GOOGLE:

LINK UPTOBOX:


SENHA PARA DESCOMPACTAR
cinespacemonster




TRAILER





COMENTÁRIOS
Retirados do site PROIBIDO LER
Por LOUISE


O gênero “comédia de terror” ou “terror cômico” está em alta. Histórias que misturam humor (seja ele controverso ou não), com um ambiente e/ou personagens assustadores podem não chamar atenção no começo, mas são algo que realmente dá certo. Não se tratam de paródias como “Todo Mundo Em Pânico”, cujo objetivo é ironizar outros filmes, mas algo novo, original e que mistura os gêneros humor e terror de forma que não pareça forçado.

“What We Do In The Shadows” é um mockumentário (o filme é gravado como se fosse um documentário, mas a história é criada por roteiristas) sobre a vida de 4 vampiros que dividem uma casa na cidade de Wellington, capital da Nova Zelândia. Se antigamente eles viviam em castelos, tinham escravos e promoviam orgias, hoje eles precisam se adaptar ao mundo moderno se quiserem seguir suas vidas. Isso inclui pagar aluguel, dividir as tarefas da casa, socializar, conseguir alimento, entre outras coisas. Viago (Taika Waititi), Deacon (Jonathan Brugh) e Vladislav (Jemaine Clement) são os protagonistas do filme, e dividem a casa com Petyr (Ben Fransham), o vampiro mais velho e mais assustador (sua aparência é uma clara referência ao Conde Orlok de Max Schreck, no filme “Nosferatu”).



Petyr, o vampiro mais velho e assustador  a direita acima 
(sua aparência é uma clara referência ao Conde Orlok de Max Schreck, no filme “Nosferatu”).


Os protagonistas fazem com que o público relembre os vampiros clássicos do cinema e literatura. Aqueles que queimam à luz do sol, não podem se aproximar de crucifixos, prata, água benta e afins, se alimentam de sangue humano, dormem em caixões, se transformam em morcegos, etc. A vida desses seres se tornou complicada com o passar do tempo, e como qualquer pessoa, não é fácil se adaptar.

O filme satiriza a popularidade que os vampiros ganharam na cultura pop durante a última década. Hoje em dia, as pessoas estão acostumadas com vampiros sensuais no cinema e na TV, como os de “Crepúsculo” e “True Blood”, mas os personagens de “What We Do In The Shadows” estão muito mais para Drácula, do que para Edward Cullen. Os cineastas tratam o público com respeito ao fazer referências a outros filmes, programas de TV ou livros, e não ficar explicando detalhes. Pode-se dizer que o longa consegue ser mórbido e divertido ao mesmo tempo – tendo momentos em que você simplesmente não sabe se ri, se sente medo, ou ambos.


                



Quem realmente faz de What We Do In The Shadows um filme grandioso, são seus atores. Todos eles têm o timing perfeito e as atuações são, ao mesmo tempo, tão inexpressivas e cômicas que elevam um roteiro inteligente a um nível superior. A maior parte das cenas foi improvisada então, embora o roteiro tenha seus méritos, são os atores que fazem deste filme o que é. Se o mesmo roteiro fosse entregue em mãos americanas, provavelmente não alcançaria tal nível.

“What We Do In The Shadows” foi aclamado pela crítica após sua estreia. Chris Tilly, do IGN, disse que “What We Do In The Shadows é maravilhosamente bem-humorado, apesar do fato de que seus protagonistas são assassinos de sangue frio. Ele pode muito bem ser o filme mais engraçado do ano.” Peter Bradshaw, do The Guardian, descreveu o filme como “a melhor comédia do ano”, e Tim Robey, do Telegraph, achou o longa “absurdamente engraçado”



ELENCO PROTAGONISTA 
DO FILME MAS NÃO DA SÉRIE



O filme é bem executado, brilhante e muito, muito engraçado. Não há uma única piada que seja fraca, e a abordagem “mockumentário” aumentou a naturalidade das performances e situações. Esse é o tipo de filme que conquista todo tipo de público e, quando os créditos sobem, você deseja que tivesse mais uma ou duas horas para rir atoa. O filme estreou no dia 21 de novembro de 2014 na Inglaterra e em 13 de fevereiro de 2015 nos Estados Unidos. Não estreou no Brasil e sequer tem data prevista, mas quem tá na internet sempre dá um jeito de assistir o que quer, certo?





SCREENSHOTS




6 comentários:

  1. Maravilha, estava a espera deste filme ser postado aqui já hà um bom tempo. Carlosm, obrigado por esta pérola e que venham mais filmes deste quilate!

    ResponderExcluir
  2. A série é muito legal também , outro elenco mas demais muito engraçada , mas o filme foi novidade , muito diferente

    ResponderExcluir
  3. Não sabia da existência desta obra
    Parece ser dos bons
    Baixado pra conferir este fim de semana
    Valeu Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara é uma comédia diferente e violenta
      Por enquanto não vou postar a série porque é muito nova e tenho medo de ferrarem o blog, mas procure a série, inclusive vai começar a 3 temporada agora em setembro
      É muito boa a série, muito engraçada !

      Excluir
  4. Esse filme é imperdível! Adoro o Jemaine Clement e aqui ele está excelente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião o melhor personagem é o dele, é espetacular nunca dei tanta risada

      Excluir

Para os que comentam anônimos, por não serem membros, pedimos que coloquem seus nomes ou apelidos no final ou inicío da mensagem