segunda-feira, 30 de novembro de 2020

THE BLACK SLEEP aka A TORRE DOS MONSTROS - 1956


 

SINOPSE:

Sir Joel Cadman, um cientista louco, sequestra suas vítimas e abre seus cérebros em um esforço para descobrir um meio de curar o tumor cerebral de sua esposa.

Formato: MP4 / BRRip
Tamanho: 582MB
Duração: 82 minutos
Idioma: Inglês
Legendas: Português ( srt na pasta )

AGRADECIMENTOS A   NETEDOMI   PELAS LEGENDAS


LINK MEGA:

LINK GOOGLE:

LINK UPTOBOX:


Senha para Descompactar
cinespacemonster



                             



COMENTÁRIOS

Todos sabem que existem inúmeros subgêneros do Terror e Sci Fi, talvez as décadas de 1930 ao final de 1960, um dos mais apreciados eram as produções com ciêntistas malucos e seus monstros.
THE BLACK SLEEP de 1956 está mais para as produções dos anos 30 e 40, onde a energia atômica ainda não era citada e o cientista maluco, teoricamente queria o bem da humanidade com seus experimentos ( como Frankenstein ), mas sempre criando monstros com suas pesquisas falhas.



E aproveitando o tema encontramos varios ( ou todos ) nomes imortalizados pelos clássicos "MONSTROS DA UNIVERSAL" , Bela Lugosi, Basil rathbone, Lon Chaney Jr e John Carradine,teríamos também Peter Lorre que recusou o trabalho por causa do baixo salário, sendo substituído por Akim Tamiroff, fora desse grupo temos Tor Johnson, lutador que começou sua "carreira artística" nos filmes de Ed Wood.
Um fato triste, todos eles tem papeis secundários, agindo como idiotas , totalmente mudos como Lugosi e Chaney, ou um pregador que só fala besteiras como Carradine, o único claro com uma atução verdadeira e muito boa foi Basil Rathbone. 
Este foi o último filme completo que Bela Lugosi atuou, da para perceber que ele está bem fraco e magrinho, já havia saído da clínica para tratar seu vicio em morfina e poucos meses após as gravações ele estaria morto, antes de terminar ou nem começar praticamente PLAN 9 FROM OUTER SPACE do Ed Wood
Outro motivo que eleva esta produção é a qualidade dos efeitos , tanto de maquiágens como operações em cérebros e etc coisa difícil nas produções daquela época, as mãos que realizam a operação no cérebro são, na verdade, as de um neurocirurgião de verdade do Hospital Cedars of Lebanon, em Los Angeles, contratado pelos produtores para fazer a operação parecer autêntica e misturando isso com a atuação de Rathbone ficou incrível.




Recepção critica

Entre as resenhas contemporâneas:

A Variety escreveu que o filme "representa a história de terror com bastante franqueza, então o que está acontecendo não é muito ilógico até o encerramento final, quando toda a contenção sai e os melodramas ficam descontrolados. ... Basil Rathbone é bastante crível como o cirurgião , o suficiente para que as operações cerebrais que ele realiza horrorizem muitos espectadores "; 

The Motion Picture Exhibitor observou que "Rathbone se diverte muito como o cientista louco, auxiliado nobremente por alguns dos melhores nomes do campo do terror. O público deve estar bastante assustado, e a experiência anterior prova que isso pode significar um bom lucro ... Claro, muito disso é cafona, mas é tudo uma boa diversão de uma maneira horrível e assustadora. "


FOI LANÇADO NOS CINEMAS EM DUPLA
 COM "THE CREEPING UNKNOWN"


SCREENSHOTS



6 comentários:

  1. Este filme foi originalmente exibido em nossa TV no dia 16 de junho de 1973, na clássica sessão "Cine Mistério", da TV Bandeirantes de São Paulo, devidamente dublado (onde está essa dublagem, será que ainda existe?).
    Bons tempos em que coisas como essa eram encontradas na programação das TVs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bons tempos mesmo, bela informação, seria incrível esse filme dublado

      Excluir
  2. Que elenco foda! Para ser mais perfeito, faltaram Boris Karloff e Peter Lorre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peter Lorre fora inicialmente escalado para o papel do cigano Odo, mas devido ao valor do seu cachê ele não foi contratado e o papel ficou com Akim Tamiroff.

      Excluir
  3. Aqui https://thetelltalemind.com/2017/07/18/the-black-sleep-1956-the-visuals/ há várias fotos dos bastidores, além de diversos pôsteres.

    ResponderExcluir

Para os que comentam anônimos, por não serem membros, pedimos que coloquem seus nomes ou apelidos no final ou inicío da mensagem