sábado, 11 de maio de 2024

THE VEIL aka O VÉU (1958) * BORIS KARLOFF * SERIADO COMPLETO + EXTRAS


SINOPSE:

The Veil ("O Véu") é uma série de televisão americana de antologia de terror/sobrenatural, apresentada e estrelada por Boris Karloff.

CRIAÇÃO:

Frank P. Bibas



EPISÓDIOS:

00: O VESTRIS (The Vestris) (PILOTO NÃO OFICIAL):

A história narra acontecimentos misteriosos a bordo do navio Vestris, uma das passageiras começa a ter visões fantasmagóricas. Será que o navio é assombrado ou há algo mais em jogo? Descubra por trás do “Véu”.

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

01: VISÃO DE UM CRIME (Vision of Crime)

Em uma viagem de navio a Paris, um homem tem uma visão em que vê seu irmão ser assassinado. Ao retornar à Inglaterra, ele descobre que seu irmão foi morto e que um homem que ele sabe que não é o assassino é o principal suspeito. Quem é o assassino e como o homem conseguirá descobrir o assassino sem mencionar sua visão e parecer um louco? Descubra por trás do "Véu".

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

 

02: GAROTA NA ESTRADA (Girl On the Road)

Um homem ajuda uma bela e jovem mulher que está detida na beira da estrada... com o tanque de gasolina do carro vazio. Ele a leva até a cidade para abastecer e tomar um drinque. Quando um barman chama alguém chamado "Morgan Debs" (Karloff), a moça entra em pânico e vai embora, mas promete ao rapaz que o encontrará mais tarde e lhe dirá quem é "Morgan Debs". Eles se encontrarão? Por que os habitantes da cidade não querem falar sobre a garota? Vá para "Atrás do Véu" para descobrir!

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

03: COMIDA NA MESA (Food on the Table)

Um capitão retorna de uma viagem marítima e encontra sua esposa que não ama. Ele salva sua vida depois que ela é picada por uma cobra. Quase imediatamente se arrepende de ter feito isso, pois descobre que uma mulher apaixonada por ele ficou viúva recentemente e herdou uma grande soma de dinheiro. Ele planeja o assassinato de sua esposa, mas será que terá sucesso em seus planos, mesmo que consiga se livrar de sua incômoda esposa? Descubra o mistério por trás do "Véu".

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

 

04: OS DOUTORES (The Doctors)

O Dr. Angelo Marcabienti volta para casa, no pequeno vilarejo italiano onde cresceu. Seu pai, também médico, está velho e cansado e Angelo quer que ele se aposente e se mude para a cidade para morar com ele, mas ele não quer abandonar os habitantes do vilarejo. Quando o médico mais velho é chamado para uma emergência, Angelo atende outro paciente, mas a família não permite que ele opere até que o "verdadeiro" médico chegue. Será que o ancião "Marcabienti" chegará a tempo? Veja "Por trás do véu" para descobrir!

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

 

05: A BOLA DE CRISTAL (The Crystal Ball)

Uma francesa volúvel deixa seu amante, um jovem escritor, para se casar com o chefe dele. Como presente de despedida, ela lhe dá uma bola de cristal ornamental. Isso é perturbador, pois a bola de cristal mostra a ele cenas dela saindo com outro homem pelas costas de seu novo marido.

Até onde as visões da bola de cristal levarão nossos personagens? Descubra por trás do "Véu".

LINK PIXELDRAIN:

 CLIQUE AQUI

06: GÊNESIS (Genesis)

Os dois filhos de um fazendeiro moribundo discutem sobre o testamento do velho. Uma mensagem do além-túmulo indica ao filho mais velho a história de Esaú e Jacó no livro de Gênesis. Qual mistério esconderá essa passagem bíblica? Descubra por trás do "Véu".

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI 

07: DESTINO: PESADELO (Destination Nightmare)

Um jovem, instigado por seu pai a trabalhar em sua empresa de aviação, tem uma visão de um homem durante um voo de rotina. A visão lhe diz para ir a um determinado local e ele vai... em transe. Ele é impedido por seu copiloto antes que o avião caia. Mais tarde, ele vê algo que o faz pensar que sabe quem era a pessoa da visão. Ele precisa ir para trás do "Véu") para descobrir se está certo.

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

 

08: CALOR DE VERÃO (Summer Heat)

Um homem testemunha um roubo e um assassinato no apartamento em frente ao seu. Quando a polícia é chamada, descobre-se que o apartamento está vazio. Será que ele viu o que pensa ter visto? Estamos lidando com o passado, o presente ou o futuro? Somente aqueles que estiverem dispostos a ir para trás do "Véu"" saberão com certeza.

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

 

09: O RETORNO DA SRA. VERNOY (The Return of Madame Vernoy)

Em agosto de 1927, a Sra. Sita Vernoy morre em uma pequena cidade da Índia, deixando um marido em luto e um filho recém-nascido. Um ano e dez dias depois, Santha Naidu nasce em Delhi: uma menina que lentamente começa a se lembrar de sua vida anterior como Sra. Vernoy. Quando ela atinge a maturidade, essas lembranças são fundamentais para mudar a vida de seu marido viúvo e do filho que é um ano mais velho que ela. Tais mudanças afetarão a vida de todos? Descubra por trás do “Véu”.

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

 

10: JACK, O ESTRIPADOR (Jack the Ripper)

Um clarividente, em sonhos e visões, vê uma série de assassinatos horríveis no bairro londrino de Whitechapel. Mas o seu conhecimento dos pormenores dos crimes torna-o suspeito aos olhos da polícia. Desvende esse mistério por trás do “Véu”.

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI

 

11: O QUE ACONTECEU COM PEGGY(Whatever Happened to Peggy)

Uma adolescente é possuída pela alma atormentada de outra jovem. Descubra as consequências da possessão por trás do “Véu”.

LINK PIXELDRAIN:

CLIQUE AQUI



EXTRAS:

ENTREVISTA RARA (1963) - Legendas por Karamazov

CLIQUE AQUI

TESTE DE TELA COLORIDO (O FILHO DE FRANKENSTEIN)

CLIQUE AQUI


 

FORMATO: MKV / DVD RIP

DURAÇÃO: 26 min (média por episódio) 

TAMANHO: 340 MB (média por episódio) 

IDIOMA: Inglês 

PAÍS DE ORIGEM: EUA 

FORMATO DO VÍDEO: 4:3 (702 X 476) 

LEGENDAS: Português (srt na pasta) por Kilo| Betopessanha| Onkrakrikru 
REVISÃO E SINCRONIA: Karamazov

 

COMENTÁRIOS:

O querido amigo de todos, Boris Karloff, tem algumas histórias que gostaria de compartilhar com você. Histórias sobre o estranho, o sobrenatural e o inexplicável. Tudo o que acontece por trás do véu da compreensão humana. Eventos como visões de assassinatos antes que eles aconteçam, possessão do além-túmulo, vidas passadas e assombrações de espíritos que querem que a verdade sobre suas mortes seja conhecida..

The Veil (ou Beyond the Veil, como continuo chamando erroneamente) é uma série de antologia da década de 1950 que teve um histórico de produção conturbado. Depois de apenas 11 episódios, ela foi cancelada antes mesmo de ir ao ar, sob a alegação de que não havia episódios suficientes para a distribuição. Apesar do cuidado dedicado à produção da série, ela foi colocada em um cofre para ser esquecida e nunca foi ao ar na televisão. Felizmente, todos esses anos depois, a série foi redescoberta e é frequentemente chamada de a melhor série de TV nunca vista.

Como anfitrião, Boris Karloff é muito educado! Ele diz "por favor" e "obrigado", e deseja a todos nós uma boa noite. É um prazer! Ele diz suas falas como se esse fosse um caso próximo a ele, e não apenas um assunto pelo qual ele está fingindo interesse para receber um salário. 

As histórias aqui são todas muito interessantes e criativas. Não sei se elas são realmente baseadas em histórias reais ou se foi apenas para a câmera, mas quase todas são tipos de histórias paranormais que se ouve repetidamente que são sem nenhuma explicação. O fato de The Veil nunca exagerar é o que realmente o vende como um programa legítimo e realista. Algo de que gosto no programa é o elemento humano.

Vision of Crime é um primeiro episódio decente. A história é interessante, embora o fato de nos mostrarem quem é o assassino logo no início tire o mistério dos procedimentos. Tudo acontece como você espera, mas é tudo bem escrito. O policial de alívio cômico de Karloff também é hilário! 

Girl on the Road é uma história interessante sobre uma mulher misteriosa que aparece e desaparece, depois de encantar um homem que estava de passagem. Apesar de seu pequeno papel, a presença de Karloff paira sobre o episódio de forma muito eficaz. Um pensamento aleatório: esse foi um dos episódios que eu acho que poderia ter sido um filme inteiro. Mais cenas com o protagonista e a garota, um pouco mais de intriga e pronto!

Food on the Table apresenta Karloff em sua versão mais vilanesca da série, como um marido ardiloso que planeja assassinar sua esposa para se casar com uma viúva rica. Os personagens parecem bem desenvolvidos, com boa profundidade, tanto bons quanto ruins =. O único problema é que esse é um episódio que parece que poderia ter sido um filme de uma maneira ruim. Enquanto Girl on the Road simplesmente teria sido melhorado com mais expansão, Food on the Table precisa disso. Essa viúva com quem o marinheiro vilão quer se casar nunca aparece, e o final é muito abrupto, com Karloff aparecendo bem em uma cena e desaparecendo na seguinte, e todo o ato final fora da tela. Um filme completo com 60 minutos de duração teria facilmente resolvido esses problemas. Mas, deixando esses problemas de lado, esse ainda é um episódio muito bom, com poucos motivos para reclaThe Doctors tem temas e mensagens interessantes e, embora os habitantes da cidade italiana sejam um bando de tolos com sua teimosia obstinada, isso funciona para a história. O elemento sobrenatural é sutil e discreto, aparecendo apenas no final, mas parece perfeitamente utilizado. 

The Crystal Ball parece um episódio muito humano, no sentido de que a presença da bola de cristal não leva a assassinato ou insanidade. É um trampolim para os temas do episódio sobre os perigos da saudade e da obsessão, com um final discreto que não dá muito errado para ninguém, exceto para o "vilão", e mesmo ele não está tão mal assim. Apenas o suficiente para receber o que merece. Os personagens dessa história são um pouco estranhos, sendo que o tio amigável de Karloff é o único normal. Ainda assim, todos cumprem seus papéis e ninguém se sente desnecessário.

Genesis começa bem com a história da ovelha negra de uma família que volta para arruinar tudo depois de ter deixado a fazenda da família e a herança no testamento do pai recentemente falecido. O elemento sobrenatural é pequeno, talvez um pouco pequeno demais. Um fantasma aparece por cerca de meio minuto para dizer "O testamento! Vejam o testamento!", e é só isso. Suas observações enigmáticas sobre o Gênesis me fizeram pensar que a história bíblica teria um papel no final, mas ela é simplesmente um canal para a descoberta de um novo testamento oculto. Em vez de ser reformado por essas novas informações e receber profundidade, o irmão malvado continua sendo um idiota unidimensional e simplesmente perde por causa de novos documentos legais, em vez de algo mais interessante.

Summer Heat é outro de meus favoritos. De seu apartamento oposto, um homem testemunha um assassinato que ainda não aconteceu e precisa convencer a polícia da verdade e pegar o assassino. É a atuação que realmente vende essa história. Ela também é bem escrita, é claro, mas os atores fazem tudo o que podem, com grande efeito.

Meu episódio menos favorito foi provavelmente The Return of Madame Vernoy. O enredo era um pouco estranho e quase incômodo. Os personagens eram estranhos, alguns deles supérfluos, e o episódio queria um local exótico como a Índia sem ter dinheiro para isso, resultando em americanos óbvios com sotaques italianos ruins como indianos, e alguns que nem se preocupam com maquiagem ou roupas tradicionais, como se o departamento de guarda-roupa tivesse acabado quando chegaram a eles! No entanto, o ângulo das crenças hindus é interessante, e o final foi satisfatório.

Destination Nightmare tem uma história bacana, com uma dinâmica interessante entre pai e filho, o que significa que o episódio tem mais do que apenas uma coisa para mostrar. Os personagens são bem desenvolvidos, embora a assombração seja interessante, mas me deixou um pouco confuso, e há um pouco de confusão no final que fez meu cérebro derreter e me deixou ainda mais confuso sobre os motivos do fantasma, ou pelo menos sobre a maneira letal ou quase letal com que ele estava agindo.

Jack the Ripper é um dos episódios mais interessantes. É um acréscimo interessante à mitologia do Estripador e também esclarece alguns fatos (err, menos uma grande bobagem em relação à ordem das vítimas) e, embora não mostre as coisas mais horríveis (já que a rede de TV nunca permitiria isso), eles pelo menos as mencionam, de modo que não parece uma higienização da história. Os personagens são simpáticos, com o heroico clarividente sendo crível e nobre, enquanto sua esposa é uma visão interessante de alguém que está fazendo a coisa certa pelos motivos errados. A fama e o dinheiro estão em primeiro plano para ela, mas ela ainda pratica muitos atos de bondade legítima nessa busca, o que a faz se sentir bem equilibrada.

Uma observação sobre esse episódio é que ele nem mesmo foi planejado para ser um episódio de The Veil! Ele foi filmado para outra coisa completamente diferente, que presumivelmente não deu certo e foi comprado pela empresa de TV que produziu esse programa. Você nunca saberia se não fosse informado. Apesar da ausência de Karloff, ele se encaixa perfeitamente nas histórias e nos temas da série. 

E, por fim, Whatever Happened to Peggy tem um dos enredos mais intrigantes, embora a execução pareça um pouco falha. A parte intermediária do episódio é muito boa, mas o início é muito abrupto e confuso, e o final parece não ter nenhum evento importante. A possessão simplesmente acaba e é isso. 

Embora alguns episódios aqui e ali não sejam perfeitos, todos têm pelo menos algo para recomendá-los, e nenhum é maçante.

 A atuação em The Veil é um dos destaques! Boris Karloff é, de longe, o melhor destaque. Em quase todos os episódios, ele tem um papel além do de anfitrião e, a cada vez, muda completamente sua aparência e comportamento, tornando-se um homem diferente. Às vezes ele é um personagem coadjuvante, outras vezes é o protagonista. Ele se sai muito bem em todas! Suas atuações variam entre o cruel e manipulador, o caloroso e familiar, um médico preocupado ou um policial investigador. Ele varia de um vilão frio a um coadjuvante cômico, e é mérito dele acertar em todas elas. Não é apenas a maquiagem que ajuda a fazer com que ele pareça um homem diferente a cada vez - é a sua capacidade de atuação. Karloff é considerado por muitos como um dos maiores atores de todos os tempos, e essa é uma avaliação que é fácil de perceber. Ele não era apenas um grande artista na frente das câmeras, mas todas as histórias de suas ações por trás das câmeras, desde o aconselhamento de atores mais jovens até seus esforços para ajudar a criar sindicatos de cinema e estabelecer leis de segurança, falam de um grande sujeito.

O restante da atuação varia. A maioria das atuações é boa, enquanto algumas não impressionam ou são decentes, mas são vítimas de hábitos de palco, como olhar para um público inexistente em vez de olhar para a pessoa com quem se está falando. Também há muitas atuações excelentes. Minhas favoritas foram Harry Bartell, em Summer Heat, e Niall MacGinnis, em Jack the Ripper

The Veil é realmente um clássico não descoberto. Não é perfeito, mas é muito bom de assistir, com boas histórias e ótimas atuações. É também uma série de domínio público e, portanto, muito fácil de encontrar e assistir! Com apenas 25 minutos de duração por episódio, e apenas 11, não será preciso muito tempo em sua agenda para conferir...

Chris Hewson (Nothing This Time, Nayland Smith)



  

CURIOSIDADES:

 

Doze episódios foram filmados no Hal Roach Studios em 1959, mas nunca foram ao ar na época porque o programa não foi vendido para nenhuma das redes de televisão. Nenhum dos episódios produzidos foi exibido até ser lançado em DVD décadas depois. Quanto ao motivo pelo qual o programa não foi ao ar na década de 1950, especula-se que tenha sido devido aos problemas financeiros que o estúdio estava enfrentando. Boris Karloff supostamente alegou que nunca foi pago. 

Durante muitos anos, pensou-se que apenas os 10 episódios de The Veil haviam sido produzidos e que os dois títulos extras citados em fontes de referência ("The Vestris" e "Whatever Happened to Peggy?") eram apenas "títulos alternativos". "The Vestris" foi um piloto secreto para The Veil que foi ao ar separadamente como um episódio de 1958 da série antológica Telephone Time da ABC-TV e, portanto, foi o único episódio que foi ao ar. (Whatever Happened to Peggy? simplesmente desapareceu de todas as compilações de vídeo VHS posteriores por algum motivo desconhecido). 

Esses mesmos dez episódios só foram lançados em vídeo doméstico VHS em seu formato original pela primeira vez na década de 1990 e, posteriormente, foram lançados em DVD pela Something Weird Video. Mas nem mesmo essas coletâneas incluíram o episódio piloto (The Vestris) ou Whatever Happened to Peggy? 

A série foi apresentada por Karloff, que também atuou em todos os episódios, com exceção de um (Jack, o Estripador). Os enredos dos episódios eram supostamente baseados em relatos da vida real de acontecimentos sobrenaturais e inexplicáveis. Dez dos 12 episódios começam e terminam com Karloff em frente a uma lareira gótica crepitante, convidando os espectadores a descobrir o que está "por trás do véu". Karloff iniciava cada episódio com a seguinte frase: "Boa noite. Esta noite, vou lhes contar outra história estranha e incomum do inexplicável que está por trás do Véu". 

No final da década de 1960, dez dos episódios foram combinados para formar três filmes antológicos de longa-metragem diferentes que foram ao ar na televisão tarde da noite. Os três filmes eram os seguintes:

The Veil (apresenta 3 episódios): "Vision In Crime", "The Doctors" e "The Crystal Ball" Jack the Ripper (apresenta 4 episódios): "Jack The Ripper", "Food on the Table", "Genesis" e "Summer Heat" Destination Nightmare (apresenta 3 episódios): "Destination Nightmare", "Girl On The Road" e "The Return of Madame Vernoy" 

Em 1999, "Lifting the Veil of Mystery" (Levantando o Véu do Mistério), um artigo de Tom Weaver sobre a produção da série (completo com guia de episódios), apareceu na edição nº 29 da revista Cult Movies. Posteriormente, o artigo foi expandido para o livro Scripts from the Crypt: The Veil (BearManor, 2017), que apresentava a história da série, roteiros de vários episódios, entrevistas com alguns dos participantes e um capítulo sobre a carreira de Boris Karloff como apresentador de antologias de TV. Entre os colaboradores estavam Tom Weaver, Dr. Robert J. Kiss e Barbara Bibas Montero, filha do criador e produtor da série, Frank Bibas.



SCREENSHOTS:















34 comentários:

  1. Olá Karamazov, boa noite, não conhecia esta serie, mas com certeza deve ser muito boa, Boris Karloff foi um gênio do terror e suspense, muito obrigado por compartilharm valeu!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alexandre, boa noite, este seriado é injustamente desconhecido e merece ser conferido pelos fãs do grande Boris Karloff, de nada, amigo, valeu!!!

      Excluir
    2. Meu caro Karamazov , você arrebentou a boca do balão! Obrigado por mais essa raridade, um forte abraço!

      Excluir
    3. Meu caro amigo Major, fiquei muito feliz em saber que gostou da postagem! De nada, um grande abraço!

      Excluir
  2. Muito obrigado por essa raridade, já baixando aqui para assistir, e você sabe onde encontrar a série Thriller do Boris Karloff, tinha uma vez achado em um site russo a primeira temporada mais infelizmente sem legenda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, Fabiano, tenho certeza que vai gostar do seriado, eu encontrei e baixei o Thriller do site BT4G, mas infelizmente não se encontra legendas base em lugar algum.

      Excluir
    2. Eu vi que tem no Opensubtitles legendas da serie Thriller mais alguem traduziu tudo para italiano com google tradutor, queria descobrir a fonte de onde veio para saber o idioma orginal da legenda, um tempo atras vi que tinha no TubiTV a serie mais sumiu de lá, vou dar uma busca melhor se achar te passo a fonte de onde achei se te interessar.

      Excluir
    3. Eu vi também essas em italiano no OpenSubtitles, mas parecem baixadas de legenda gerada automaticamente pelo YouTube, totalmente fora de sincronia e com diversas falhas de tradução, para um seriado como o The Veil daria um bom trabalho legendar, mas para o Thriller, com mais de 40 episódios de mais de uma hora cada, aí fica bem difícil mesmo. Mas com certeza me interresso caso consiga encontrar outras melhores. Valeu, Fabiano!

      Excluir
    4. E pelo jeito e bem dificil de conseguir a legenda, eu vi que tem a 1 temporada no rutracker e com legendas mais em russo, pelo menos ta bem sincronizado e o maximo que da para conseguir, tem na Amazon Prime Americana mais extrair de lá não e tão facil, eu esperava conseguir pelo Tubi TV mais de nenhum pais ta disponivel, quer dizer um episodio so tem lá, eu achei uma serie no TubiTV chamada Theatre Macabre que quem apresenta e o Christopher Lee e está completa lá com legendas.
      Vou continuar procurando ai quando realmente achar mando msg aqui, de qualquer maneira obrigado mais uma vez por essa serie do The Veil e desejo um ótimo dia para você, abraços.

      Excluir
    5. Realmente bem difícil conseguir legendas para esse seriado, Fabiano, vou ver se consigo baixar essas russas do rutracker sincronizadas, talvez usando as em inglês baixadas do YouTube dê para criar uma legenda nova, não sei como extrair de sites como a Amazon Prime e TubiTv, esse seriado Theatre Macabre parece bem interessante também, gosto muito do Lee, outro que procuro é o Suspense (1949-1954) onde o Karloff participa de seis episódios. Muito obrigado pela disposição em ajudar, amigo! Grande abraço.

      Excluir
  3. Amei, adoro Boris Karloff. Site nota 100000000000000000000000000000

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joia que gostou, também sou grande fã do Karloff. Grato pelo elogio ao nosso querido Cine Space Monster!

      Excluir
  4. Parabéns por esta joia de valor, encontrada e revivida aqui no Cine Space Monster. Quantos anos de recordações e novidades dos agradecidos pela SÉTIMA ARTE. Boris Karloff gênio em suas produções. Faleceu 02 02 69. - ATT - GNA - JFA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, amigo! O nosso Cine Space Monster realmente desperta muitas recordações nos aficcionados pela sétima arte. É um prazer poder participar do blog e compartilhar essas verdadeiras relíquias. Karloff, sem dúvida, merece todas as nossas homenagens.

      Excluir
  5. MARAVILHA!!!!!!! Grande Karamazov. Muito obrigado, mais uma vez, por esta preciosidade. Como fan e leitor assíduo do Space Monster, só tenho a agradecer. Saúde, paz e grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sabia que estava aguardando o Thriller, Lucindo, infelizmente ainda não foi dessa vez, mas aqui está um outro seriado com o mestre do macabro, nosso querido Boris Karloff, que com certeza fará sua alegria. Também não esqueci do Cry of the Werewolf, aguenta aí que qualquer dia aparece aqui no blog. Saúde, paz e um grande abraço, amigo!

      Excluir
  6. Grande post karamazov !
    Sobre as legendas do Thriller poderíamos tentar o próprio youtube para gerar as legendas pela IA e ir arrumando aos poucos, eu já gerei varias legendas assim, inclusive uma que vou postar agora Tales of Frankenstein 1958 da Hammer, o youtube gerou legendas boas agora estou revisando e mudando e acrescentando agumas falas que a IA não entendeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilha que gostou, Carlos! Sobre as legendas do Thriller podemos fazer uma tentativa conjunta para trazer para o blog, eu já usei essas legendas do YouTube para arquivos curtos, imagino que dê um trabalho bem maior no caso de arquivos maiores como os episódios do Thriller, mas não é impossível. Esse Tales of Frankenstein parece ser uma bela de uma raridade!

      Excluir
  7. boa tarde meu amigo major, sem palavras , isto é realmente a perola pedida parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia amigo Júlio, certamente uma pérola perdida, de nada, grato pelo comentário.

      Excluir
  8. Mandou bem, Kara! Além de rever, vou aproveitar para atualizar meu arquivo, jogando fora todas as versões (incompletas, faltando episódios) que tenho aqui.
    Obrigadão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, amigo viralata! Esse seriado merece ser visto e revisto! Também vale a pena atualizar os arquivos com o seriado completo mais o piloto - em breve vou atualizar a postagem incluíndo extras que encontrei, fique de olho.

      Excluir
    2. Maravilha, fico então aguardando os extras! Obrigado.

      Excluir
  9. Então Karamazov estou criando uma legenda para o primeiro episódio de Thriller, quando estiver pronta eu te mando, aí você da uma analisada e ve se vale a pena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos, valeu mesmo por essa iniciativa de criar a legenda do primeiro episódio do Thriller, vou aguardar o envio do arquivo, com certeza vale a pena por se tratar de um seriado raro com o grande Karloff!

      Excluir
  10. Muito obrigado, Karamazov. Você é um dos que fazem a diferença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, amigo, saudosismo é aqui mesmo no Cine Space Monster.

      Excluir
  11. Caramba Karamazov, muito bom os extras, o final do vídeo colorido é muito legal, o monstro assustando e estrangulando o Jack Pierce.
    Entrevista pequena mas assisti 5 vezes rsrsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joia que gostou, Carlos! São dois vídeos curtinhos mas interessantes para fãs do Karloff, a legenda da entrevista eu fiz utilizando uma que baixei da IA do YouTube, como é legenda curta fiz em pouco tempo. Muito legal ver o reconhecimento do Boris Karloff ao monstro de Frankenstein.

      Excluir

PARA OS QUE COMENTAM ANÔNIMOS, POR NÃO SEREM MEMBROS, PEDIMOS QUE COLOQUEM SEUS NOMES OU APELIDOS NO FINAL OU INÍCIO DA MENSAGEM .