domingo, 29 de junho de 2014

FRANKENSTEIN CONQUERS THE WORLD aka FURANKENSHUTAIN TAI CHITEI KAIJÛ BARAGON aka FRANKENSTEIN VS BARAGON - 1965

postado primeiramente em 28 de outubro de 2010 

SINOPSE: Durante a Segunda Guerra Mundial, barcos alemães entregam ao Japão o coração do monstro Frankenstein, depois de algum tempo explode a bomba de Hiroshima, tornando o coração radioativo.
Vinte anos depois, cientistas japoneses descobrem um jovem garoto que vive em cavernas e se alimenta de tudo que encontra, certo dia o garoto começa a crescer e se torna um monstro gigante, decobrem que ele talvez tenha comido o coração de Frankenstein, tornando-se especial para a pesquisa de alguns cientistas .
Este clássico cult, contém a participação do ator americano Nick Adams.


OBS: Há 2 versões para download, uma é a versão com final prolongado em que ele luta também com um polvo gigante, e a outra é a versão original do cinemas que saiu em VHS a muito tempo atráz.AMBAS COM LEGENDAS TRADUZIDAS POR MIM CARLOSM42 . DIVIRTAM-SE.




Formato:Avi/DVDRip e Avi/VHSRip
Tamanho: ambos com 697MB
Duração: VHSRip 89 minutos, DVDRip final prolongado 93 minutos
Idioma: Japonês
Legendas: Português (separadas) na pasta, TRADUZIDAS POR CARLOSM42


Links DVDRip Final prolongado 2 partes 4shared:
Parte 1
Parte 2

senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com



Links VHSRip versão original 2 partes 4shared:

Parte 1
Parte 2


senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com



Directed by Ishirô Honda

Writing credits
(in alphabetical order)

Reuben Bercovitch story
Takeshi Kimura writer (American version (as Kaoru Mabuchi)
Mary Shelley novel "Frankenstein"
Jerry Sohl writer

Produced by

Samuel Z. Arkoff .... executive producer
Samuel Z. Arkoff .... producer (US version)
Reuben Bercovitch .... executive producer
James H. Nicholson .... executive producer
James H. Nicholson .... producer (US version)
Henry G. Saperstein .... executive producer
Tomoyuki Tanaka .... producer

Special Effects by

Fumio Nakadai .... special effects scene manipulation
Teruyoshi Nakano .... assistant director of special effects
Eiji Tsuburaya .... director of special effects
Akira Watanabe .... art director of special effects

Visual Effects by

Sadamasa Arikawa .... director of special effects photography
Sadao Iizuda .... optical photography
Kuichiro Kishida .... special effects lighting
Yukio Manoda .... optical photographer
Sokei Tomioka .... director of special effects photography


ELENCO

Tadao Takashima ... Dr. Yuzo Kawaji
Nick Adams ... Dr. James Bowen
Kumi Mizuno ... Dr. Sueko Togami
Yoshio Tsuchiya ... Mr. Kawai
Koji Furuhata ... Furankenshutain (The Frankenstein Monster)
Jun Tazaki ... Military Advisor
Susumu Fujita ... Osaka Police Chief
Takashi Shimura ... Axis Scientist
Nobuo Nakamura ... Skeptical Museum Chief
Kenji Sahara ... Soldier
Yoshifumi Tajima ... Submarine Commander
Kôzô Nomura ... Overzealous Reporter (as Terunobu Nomura)
Haruya Kato ... TV Director
Ikio Sawamura ... Man Walking Dog
Yoshio Kosugi ... Mountain Soldier
Keiko Sawai ... Kazuko, the dying girl
Noriko Takahashi ... Girl in Lodge
Peter Mann ... Dr. Liesendorf
Ren Yamamoto ... Bystander
Yutaka Sada ... Hospital Administrator
Hisaya Itô ... Osaka Police Sergeant
Kenzo Tabu ... Scornful News Editor
Shigeki Ishida ... Chuckling Scientist
Nadao Kirino ... Police Sergeant
Yutaka Nakayama ... News Cameraman A
Senkichi Ômura ... News Cameraman B
Tadashi Okabe ... Sarcastic Reporter
Toshihiko Furuta ... Bystander
Kenichiro Kawaji ... Young Furankenshutain
Hideaki Nitani ... Hospital Official
Shin Ôtomo ... Policeman
Shôichi Hirose ... Tunnel Worker
Haruo Nakajima ... Baragon


Cards de Fotos do Set de Filmagem



Clique nas figuras para ampliar

Comentários:

Na época do lançamento de Furankenshutain nos cinemas muitos fãs ficaram de cabelo em pé pois não entendiam porque nas fotos de divulgação do filme aparecia um polvo gigante chamado GIANT OCTOPUS, e no filme não havia nem sombra do bicho, depois de algum suspense Ishirô Honda explicou que o filme foi feito em co-produção com a companhia americana Benedict Pictures Corporation, os responsáveis acabaram gostando muito das cenas do Giant Octopus em King Kong vs Godzilla e queriam ele no filme mesmo que não tivesse lógica nenhuma , mas no final ele acabou ficando de fora
Depois de alguns anos, no lançamento da edição de video no Japão ele foi incluido como um  final alternativo, e foi vendido duas versões, nos EUA  foi lançado uma versão com cenas mais violentas de Frankenstein, como versão americana, e uma também da versão americana com o final alternativo.
Em 1966 na continuação de Frankenstein, "War of the Gargantuas" o Giant Octopus apareceu oficialmente na telona com toda sua glória viscosa e nojenta. 


GIANT OCTOPUS LUTANDO COM FRANKENSTEIN NO FINAL PROLONGADO

A história da criação de Frankenstein vs Baragon em 1965 , nos faz voltar a 1933 com o King Kong original , onde o mestre do efeitos especiais que deu  movimentos ao grande macaco Willis O'Brien , teve a idéia de ressuscitar a criatura, para uma sequencia por volta de 1960 , se chamaria "King Kong vs Prometheus" e a nova criatura seria uma espécie de monstro de Frankenstein, inclusive sua idéia original seria King Kong vs  Frankenstein.
Depois do roteiro ter sido rejeitado por varios estudios, Jon Beck  um funcionário da Universal studios ,  o pegou e levou para o Japão.

Figura feita por Willis de King Kong vs Prometheus

Clique na figura para ampliar

Em 1962 após aprender japonês O'Brian mudou o roteiro para "King Kong vs Godzilla" (aquele que todos nós conhecemos), lançado no mesmo ano de sua morte, após o lançamento a Toho Studios sempre muito astuta, ainda tinha a história do roteiro original, que em 1965 foi transformado no clássico B absoluto "FURANKENSHUTAIN TAI CHITEI KAIJÛ BARAGON" .
O conceito foi radicalmente modificado, transformando-se em uma das mais curiosas produções da Toho, em que o coração de Frankenstein que já era imortal absorve radiação da bomba de Hiroshima, ápos isso um garoto o come e começa a desenvolver certas caracteristicas do monstro de Frankenstein, como testa proeminente e cicatrizes, junto com as caracteristicas dos monstros da Toho, o tamanho gigantesco.


Koji Furuhata (Frankenstein), Haruo Nakajima (Baragon), e parte da equipe de efeitos especiais durante um break no set de filmagem

Nesta produção além dos grandes da Toho como Ishiro Honda na direção, Eiji Tsuburaya nos efeitos especiais, que criou a maior das miniaturas já feitas para um filme da Toho( com maquetes de prédios com mais de 2,5m ), por causa do tamanho do monstro Frankenstein, enquanto estava em tamanho intermediario, e Akira Ifukube na trilha sonora ainda temos o rebelde americano Nick Adams, ou seja, apesar de ser uma história totalmente louca, possui toda a qualidade que todos conhecem, e nós fãs dos filmes de gigantes japoneses estamos acostumados com os mais loucos e absurdos Sci Fi existentes, foi mais um sucesso que se tornou um clássico total.



O universo criado por Honda e Tsuburaya
(esquerda para direita:Sadamasa Arikawa, Ishiro Honda, Eiji Tsuburaya e Tomoyuki Tanaka)


Willis O'Brien


       Na década de 1890, foi inventada a plasticina, massa de modelar a base de óleo. Ela oferecia um diferente potencial ao animador, e seus similares foram usados por cineastas nos primórdios dessa arte.
      Em 1914, Willis O’Brien (1886-1962), irlandês americano que havia começado a trabalhar como cartunista e escultor em mármore, fez experiências precoces com animação de massa de modelar, numa satírica luta de boxe animada em stop motion; no mesmo ano O’Brien fez um filme de um minuto, com um homem das cavernas em miniatura e um dinossauro, feitos com massa de modelar sobre esqueleto de madeira e arame.
      Com a força desses experimentos, O’Brien foi contratado pela companhia de Thomas Edson para fazer uma série de curtas com tema pré-histórico, entre eles uma comédia de 5 minutos, “The Dinossaur and the Missing Link” (1915), refinando a técnica com criaturas pré-históricas de esqueleto com juntas metálicas (ball & Socket) e cobertura de borracha, espuma e pelos de animais. Muitos de seus maiores trabalhos contaram com as parcerias de Marcel Delgado, Victor delgado e Mario Larrinaga, mexicanos americanos com grandes talentos em modelagem, efeitos especiais, pintura e construção de cenários, que trabalhavam a partir dos desenhos de O’Brien.
      Um de seus curtas, “The Ghost of Scumber Mountain”, filme de dois rolos que deu origem ao longa “The Lost World”, da estória de Arthur Conan Doyle, quando foi apresentado pelo escritor na Society Of American Magicians, sem que ele antes houvesse dito do que se tratava, levou muitos espectadores a pensar que se tratavam de autênticas imagens da vida pré-histórica.
      Depois de “Lost World”, seu primeiro longa-metragem, passando por “Creation” (longa de 1931 que nunca foi concluído), Willies O’Brien fez os efeitos especiais para o seu filme mais famoso, do clássico fantástico de Merian C. Cooper, “King Kong” (1933). O sucesso do filme levou-o a uma seqüência, “Son Of Kong” (1933), além de vários outros efeitos em filmes fantásticos.
     Mesmo tendo sido pioneiro na animação stop motion, O’Brien teve muita dificuldade para conseguir produzir. Pouco antes de morrer animou uma seqüência para o filme “ It’s a Mad, Mad, Mad, Mad World” (1963); e o filme “The Valley of Gwangi” (1969) foi baseado numa idéias de O’Brien e completado
por Harryhausen anos depois de sua morte.

Espécie de caixa chamada "Espaço Multiplano" criada por O'Brien para gravações stop motion

Filmografia:
1915 – “The Dinossaur and the Missing Link: A Prehistoric Tragedy” (diretor/animador)
1916 – “Nippy’s Nightmare” (primeiro filme a combinar atores em live-action com stop motion; diretor/animador)
1917 – “Curious Pets of Our Ancestors” e “The Birth of a Flivver” (diretor/animador)
1918 – “R.F.D. 10.000 B.C.: A Mannikin Comedy” (diretor/animador)
1918 – “The Ghost of Scumber Mountain” (diretor/animador)
1925 – “The Lost World” (diretor/animador)
1933 – “King Kong” (diretor/animador)
1933 – “The Son of Kong” (diretor/animador)
1949 – “Mighty Joe Young” (vencedor do Oscar de efeitos especiais de 1950, animado em grande parte por seu discípulo, Ray Harryhausen; diretor/animador)
Testo retirado do site Stop Motion Brasil link: http://www.stopmotionbrasil.art.br/


Capa da copia Super 8 vendido a décadas atrás
Alguns posteres e cards originais da época vendidos a alguns anos
Conjunto de Cards originais vendidos a 170 dolares
 
Poster japones original vendido a 380 dolares

Agora mais uma raridade para vocês, a matéria completa de Frankenstein Conquers the World na revista Famous Monsters


CLIQUE NO LINK PARA O DOWNLOAD


SCREENSHOTS



15 comentários:

  1. Show de bola esse blogue!!!!
    Tô baixando aqui.

    Dica: Tenta upar no mediafire.com ! Lá, pelo menos, rola fazer downloads simultâneos.

    Abração.

    ResponderExcluir
  2. excelente e providencial artigo sobre WILLIS O'BRIEN o verdadeiro pai dos efeitos especiais, um pioneiro e visionário, tal qual seu patrão, Thomas Edson e seu pupilo Ray Harryhausen.
    Um rico conteudo para o blog.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog, amigo! Infelizmente os links acima estão todos off, tem como re-upar?
    Muito obrigado!
    Abs

    ResponderExcluir
  4. Olá! infelizmente os links expiraram, será que seria possível fazer o "reup"? Parabéns pelo trabalho! abs. RRBL.

    ResponderExcluir
  5. Realmente os links estão com algum problema...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo não estão com problema expirou o limite de 50 gigas de download por dia no rapidshare, porque hoje o blog teve muitas vizitas.
      Mas todos os dias as 21:00hs é renovado.

      Pode baixar que está em ordem agora

      Excluir
  6. Os links VHSRip da versao original, podes colocaar? obrigado

    ResponderExcluir
  7. Esta sem link para o download. Valeu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ta brincando cara !
      É melhor procurar um oculista urgente, ou aprenda a ler

      Excluir
  8. A parte 2 do "Links DVDRip Final prolongado 2 partes 4shared" quando vou descompatar dá sempre erro. Já baixei 3 vezes e é sempre a mesma coisa pô!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo não tem nada de errado ja foi baixado umas 250 vezes e ninguem reclamou, use um gerenciador de downloads e copie direito a senha

      Excluir

Para os que comentam anônimos, por não serem membros, pedimos que coloquem seus nomes ou apelidos no final ou inicío da mensagem