domingo, 22 de março de 2015

THE GIANT CLAW aka O ATAQUE VEM DO POLO - 1957

POSTADO PRIMEIRAMENTE EM 17/03/2013


SINOPSE:

Um enorme pássaro com asas, vindo do espaço exterior, aterroriza camponeses inocentes no norte do Canadá. Quando ele voa para o sul, destrói o edifício das Nações Unidas em Nova Iorque.






Elenco:
Jeff Morrow
Mara Dorday 

John Hodiak ... McCord
John Derek ... Kid
David Brian ... Egan
María Elena Marqués ... Navaho Girl 
Ray Teal ... Doc
John Qualen ... Jonas P. Travis
Otto Hulett ... Stranton



Direção: Fred F. Frears


Formato: Avi / DVDRip
Tamanho: 700MB
Duração:75 minutos
Idioma: Inglês
Legendas: Português (srt na pasta)

Links em 2 partes 4shared


senha p/descompactar
www.cinespacemonster.blogspot.com






COMENTÁRIOS
CARTWRIGHT

O filme que levou Fred F Sears a se isolar em seu rancho e beber até morrer ainda em 57,com apenas 44 anos tinha tudo pra ser um filmão mas caiu ribanceira abaixo.
Primerio porque Sam Katzman prometeu mas não cumpriu o orçamento estipulado. Depois porque Ray Harryhausen caiu fora dessa trasheira junto com a Morningside e ainda avisou ao Fred que ele embarcava em canoa furada.
O monstro que foi guardado à sete chaves, no estúdio (nem os atores podiam ver) tinha um projeto de stop-motion e animação que foi desativado por orçamento baixo e uma série de desencontros entre produção e estúdio.
O resultado final é que o que seria uma resposta ao Rodan japonês virou um pastiche, uma bomba kilométrica e acima de tudo, uma derrota fatal para seu diretor, que ouviu as gargalhadas do público na pré-estreia, que fez com que o ator principal Jeff Morrow se levantasse e se retirasse do teatro assim que o pássaro surgiu...
Sam Katzman acabou enganando toda a equipe envolvida no projeto, e usou um muppet preso à arame com uma cara de matar de rir, tornando a ave, talvez o monstro mais rídículo jamais filmado no mundo do sci-fi.


Fred F Sears e Joan Taylor em Earth Vs The Flying Saucers

Sam Katzman o picareta



Agora, esqueça do pássaro e o filme não é ruim, principalmente a primeira meia-hora, já que todos acreditavam nos efeitos especiais que seriam realizados por Harryhausen(sobras do Earth vs Flying Saucers foram adicionados ao filme) e as cenas do monstro jamais foram reveladas para o cast.
Talvez esse seja um dos piores filmes do mundo, em função do pobre animal e seus arames de nylon, mas para o Fred F Sears era pra ser um dos grandes acontecimentos de sua carreira...daí, após o resultado final, ele afundou na bebida e foi encontrado morto em sua casa pelo empresário, pondo fim ao que em minha opinião seria o grande diretor que os anos 60 poderia ter.
Mesmo com toda a bagulhada que fizeram, ainda é um cult nos Estados Unidos, uma vez fui meter o pau no Giant Claw lá e recebi protestos e mais protestos pra deixar o bichinho em paz.
Apesar de tudo, Fred F Sears ainda alcolatra, realizou mais alguns filmes no mesmo ano, mas faleceu em Novembro de 57.
Quando menino criei uma enorme antipatia pelo monstro, mas hoje fico imensamente feliz de poder baixar e ter em minha coleção,principalmente porque pra mim nenhum outro diretor me cativou tanto quanto o Fred F Sears.
Fred merece todo o prestígio de quem gosta de cinema.


Sua filmografia é incrível, ele dividia varios sets de filmagens no estúdio e em menos de 5 meses, completava 5 a 7 filmes, com baixo orçamento e resultados acima do normal...
O Balanço da Horas, Invasão dos Discos Voadores e The Werewolf , todos praticamente feitos no mesmo ano, seus bang-bangs são cults, dramas, comédias, mistério, policial, ele tinha tudo para ser um diretor de primeiro time nos anos 60, mas The Giant Claw amargou vaias na pré-estreia o qual, ele não estava preparado, principalmente porque ele foi fiel a Clover Productions e foi enganado sem piedade pelo Katzman.
Se ele superasse esse trauma sem recorrer ao alcoolismo(que começou ainda jovem quando se separou de sua primeira mulher e pelo qual tentou suicídio), os anos 60 trariam uma nova realidade para sua carreira, como foi para seus amigos Ray Harryhausen, Nathan Juran, Jack Arnold e Bert I Gordon.
A autopsia revelou uma hemorragia cerebral, quando então mais 8 filmes dele já estavam prontos e estrearam em seguida, sendo que 3 deles ainda em 57.

The Night the World Exploded (1957)
Calypso Heat Wave (1957)
Escape from San Quentin (1957)
The World Was His Jury (1958)
Going Steady (1958)
Crash Landing (1958)
Badman's Country (1958)
Ghost of the China Sea (1958)



Sua filmografia completa como diretor em vida, foi essa:

Desert Vigilante (1949)
Horsemen of the Sierras (1949)
Across the Badlands (1950)
Raiders of Tomahawk Creek (1950)
Lightning Guns (1950)
Prairie Roundup (1951)
Ridin' the Outlaw Trail (1951)
Snake River Desperadoes (1951)
Bonanza Town (1951)
Pecos River (1951)
Smoky Canyon (1952)
The Hawk of Wild River (1952)
Blackhawk: Fearless Champion of Freedom (1952)
The Kid from Broken Gun (1952)
Last Train from Bombay (1952)
Target Hong Kong (1953)
Ambush at Tomahawk Gap (1953)
The 49th Man (1953)
Sky Commando (1953)
Mission Over Korea (1953)
The Nebraskan (1953)
El Alaméin (1953)
Overland Pacific (1954)
Wyoming Renegades (1954)
Massacre Canyon (1954)
The Miami Story (1954)
The Outlaw Stallion (1954)
Cell 2455 Death Row (1955)
Chicago Syndicate (1955)
Apache Ambush (1955)
Teen-Age Crime Wave (1955)
Inside Detroit (1956)
Fury at Gunsight Pass (1956)
Rock Around the Clock (1956) "O Balanço das Horas"
Earth vs. the Flying Saucers (1956)
The Werewolf (1956)
Miami Expose (1956)
Cha-Cha-Cha Boom! (1956)
Don't Knock the Rock (1956)
Rumble on the Docks (1956)
Utah Blaine (1957)
The Giant Claw (1957)


SCREENSHOTS




CAPA DE DVD FEITA PELO NOSSO AMIGO E COLABORADOR LARRY

12 comentários:

  1. SOu fan incondicional deste site!!

    Venho agradecer a postagem deste filme!
    Ha quase 20 anos, quando eu vi cenas dele em outro filme, onde num cinema, alienigenas passavam diversos trechos de perolas do cinema de sci-fi dos anos 50 que tive vontade de ver, nao so este mas outros tbm, dos quais alguns eu achei aqui!

    Obrigado por me proporcinarem mais esta alegria!

    ResponderExcluir
  2. Hello, good people.....

    Quando assisti este grande clássico, o que mais chamou a minha atenção,
    não foi a ave-monstro-infantil, mas sim o ator Jeff Morrow, como engenheiro eletrônico...
    e herói desta trama....muito velho e sem o devido brilho para meu gosto juvenil.....

    Peter Hammill - SP

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado pelo "post". Assisti este filme pela TV quando garoto, nem me lembro mais da data, mas fiquei apaixonado por ele; o "monstro" ficou me assombrando por dias (rsrs). Coisas de garoto de seis anos. Há tempos tentava encontrar algum lançamento em VHS ou DVD, ou mesmo mais uma reprise na TV, só para relembrar. Agora faz parte da minha coleção, para ver e rever quantas vezes eu quiser, graças a este "Site", o melhor da Internet sobre filmaços.
    Parabéns a toda equipe, e minha gratidão eterna.
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  5. Classificar o Sam Katzman de Picareta é indigno dele pois sem ele não existiria hoje tantas preciosidades que nós curtimos tanto ,pois os os serials da Columbia ,os Jungle Jim films e centenas de outras produções exóticas e escapistas são graças a este executivo que eu curto muito o "Jungle Sam" foi nos anos 50 o que hoje é um Bruckheimer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem toda razão Eustáquio !
      Mas eu chamei ele de picareta, de uma maneira carinhosa, se fosse de outra maneira não usaria a palavra picareta rsrs
      Eu amo sou fã absoluto de tudo o que ele fez e te garanto que o Cartwright também.
      Esse picareta é demais nós devemos inclusive a existência do Space Monster a esse cara, acho que metade do que esta aqui foi produzido por ele.

      Excluir
    2. Só para explicar melhor, é claro que ninguém sabe de minha vida particular, mas quando eu fazia alguma coisa errada ou mentia descaradamente quando era criança, minha avó me chamava de picareta, então é uma maneira carinhosa e que não ofende a pessoa ser chamada de picareta
      Deveria existir um feriado em homenagem a Sam Katzman

      Excluir
  6. Olá, Carlosm42. Fiz uma capa customizada para DVD do "Giant Claw". Ficou bem legal. Dê uma olhada: https://mega.co.nz/#!YpQVCQzS!C3pxapVm4aPP6EaOn_-ZjPu3jtqgJFfyn4p6Hk6Tlzg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VALEU LARRY !
      Ficou muito legal a capa vou colocar no post, muito bom .

      Excluir
  7. Boa tarde, meu amigo Carlos! Acabei de assistir essa relíquia, realmente o filme é bom sim senhor, o que estragou mesmo foi o danado do bicho! Imagine o pessoal no cinema, o filme tava rolando com um tom sério, e quando aparece a cara do bicho....! Pra ver como são as coisas, tem gente por aí que picha filme japonês, o Rodan foi feito um ano antes e ainda colorido! Mas foi tudo culpa mesmo do nosso querido "picareta" Sam Katzman. P.S.: Muito boa essa capa que o Larry fez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Major, é meio estranho as coisas.
      Ainda bem na rede existe uma cultura bem diferente, e graças a internet, filmes obscuros ou chamados de "Filmes B", que até mesmo a gente chama assim, mas é de uma maneira carinhosa, estão ganhando cada vez mais seguidores, fãs, eu sou da década de 80, eu cresci vendo Ultra man, Ultra Seven e Spectro Man na record, chegava da escola e ficava feito loco esperando começar os filmes japoneses, sem contar os filmes de artes marciais de terça feira a noite, também na rede record.
      Pelo menos hoje em dia o pessoal está um pouco mais informado, e conseguem entender a importancia dos filmes japoneses, eu mesmo já entrei em varias discussões com alguns amigos, e tentei explicar o trabalho minucioso , antes dos computadores, as cidades em miniatura feitas para os monstros destruirem, etc, etc, etc.
      Inclusive comento, sobre star wars, que também foi feito tudo com miniaturas, tudo seguindo seus mestres Tsuburaya e Honda, George Lucas é fã absoluto deles

      Excluir
  8. O site é sensacional, porém não estou conseguindo descompactar o arquivo, diz que a estrutura estéa danificada.

    ResponderExcluir

Para os que comentam anônimos, por não serem membros, pedimos que coloquem seus nomes ou apelidos no final ou inicío da mensagem