quinta-feira, 30 de agosto de 2018

GODZILLA VERSUS KING GHIDORAH AKA GOJIRA VERSUS KINGU GIDORA (1991)

POSTADO ORIGINALMENTE EM 03/08/2011 POR CARLOS M42
AGORA EM VERSÃO HD
SINOPSE: Viajantes do tempo vindos do Século 23 retornam ao ano de 1992 para avisar o Japão que Godzilla causará um incidente nuclear catastrófico no Século 21 e sugerir uma maneira de livrar o mundo dele para sempre. Eles pretendem voltar para 1944 para a Ilha Lagos, onde um dinossauro foi exposto a radiação por uma Bomba-H e acabou se tornando Godzilla. Após a conclusão desta missão, King Ghidorah aparece em 1992 e o verdadeiro plano dos visitantes é descoberto. Eles desejam destruir o Japão para que ele não se transforme na economia dominante do planeta. Felizmente para os japoneses, Godzilla foi criado e agora vai lutar contra King Ghidorah.


DIREÇÃO:
Kazuki Ohmori

ELENCO:
Kosuke Toyohara………………....Kenichiro Terasawa
Anna Nakagawa…………………..Emmy Kano
Megumi Odaka…………………....Miki Saegusa
Katsuhiko Sasaki…………………Professor Mazaki
Akiji Kobayashi……………………Yuzo Tsuchiashi
Tokuma Nishioka…………………Takehito Fujio
Yoshio Tsuchiya…………………..Yasuaki Shindo
Chuck Wilson……………………...Chuck Wilson
Richard Berger…………………….Grenchiko
Robert Scott Field………………...Androide M-11
Kenji Sahara……………………….Ministro Takayuki Segawa
Kiwako Harada…………………….Chiaki Moriyuma
Koichi Ueda………………………...Ikehata
So Yamamura……………………...Primeiro Ministro

Formato: HD-Rip/MKV
Tamanho do arquivo: 1,2GB 
Duração: 1h42min 
Proporção da imagem: 16:9 (1280X688) 
País de origem: Japão
Idioma: Japonês
Legendas: Português (Embutidas no arquivo e traduzidas por Major)

LINKS DO FILME NUMA PASTA DO MEGA: 

Senha para descompactar:
cinespacemonster.blogspot.com.br

OBSERVAÇÃO: Este filme foi compactado e dividido usando a extensão “7-Zip”, caso não consiga extrair com o WinRAR ou o WinZIP basta usar o 7-Zip Portable, que além de ser leve, não precisa ser instalado.

CURIOSIDADES:  O grande edifício branco em Shinjuku que é destruído durante a batalha final entre Mecha-King Ghidorah e Godzilla é a principal central de impostos do Japão, razão pela qual o público aplaudiu quando ele foi destruído!
Este acabou se tornando um dos filmes mais controversos de Godzilla. Pouco depois do lançamento do filme no Japão, um canal de notícias à cabo nos EUA fez uma longa reportagem sobre os alegados sentimentos antiamericanos do filme. Cenas de soldados dos EUA sendo mortos pelo Godzillasaurus foram mostradas, e o enredo com ocidentais do mal vindos do futuro foi debatido. O Diretor Kazuki Ohmori, no entanto, defendeu sua decisão artística argumentando que o filme não era de fato destinado a ser antiamericano. As tensões econômicas entre o ocidente e o oriente foram elevadas nesta época.
O rugido usado no Godzillasaurus é o rugido de Gamera, a tartaruga gigante da série de filmes concorrente.
Quando os viajantes do tempo chegam em Fevereiro de 1944, um oficial da Marinha dos EUA vê a sua espaçonave, mas seu comandante descarta a possibilidade de um OVNI dizendo ao Oficial: “Pode contar isso ao seu filho quando nascer, Major Spielberg!" Esta é uma clara referência ao Diretor Steven Spielberg, cujo o pai Arnold serviu na guerra e as histórias que contara inspiraram várias produções do Diretor.
Para as cenas de batalha entre os exércitos, a equipe de produção convidou todos os americanos das bases militares que encontraram. Muitos trabalhavam em comerciais japoneses na época.
O traje do Mecha-King Ghidorah era tão pesado e complicado de ser usado que foi operado exclusivamente por fios em vez de usar um ator dentro dele. É por isso que nunca vemos ele andar.
Programado para ser o filme comemorativo do 60º aniversário da Toho, o conceito original dele seria de uma refilmagem de “King Kong versus Godzilla” de 1962. Esse filme nunca foi feito por que na época a Turner Entertainment (Então dona dos direitos do gorila gigante) pediu muito dinheiro para usar o personagem, aproximadamente nove milhões de dólares. Então, a Toho começou a iniciar a produção de “Godzilla versus Mechanikong”, o personagem mecânico rival de King Kong no filme “A Fuga de  King Kong” de 1967. No entanto, por achar esse personagem muito semelhante ao seu, a Turner Entertainment continuou exigindo o pagamento dos nove milhões de dólares. Por fim, a Toho resolveu reviver o inimigo mais famoso de Godzilla, King Ghidorah (Segundo uma votação feita na época), para este filme em seu lugar.
Originalmente, seria revelado no filme que os militares japoneses possuem um submarino nuclear. Devido à negativa da força de autodefesa japonesa, essa ideia teve que ser cortada. Mesmo na ficção, os japoneses não poderiam possuir um arsenal nuclear.

SCREENSHOTS:






3 comentários:

  1. Obrigado pelo (re)up, Major! Aquecendo os motores para a nova investida do Gojira em Hollywood... Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde. Não dá para baixar o último dos 4 arquivos. Poderiam verificar, por favor? Obrigado

    ResponderExcluir

Para os que comentam anônimos, por não serem membros, pedimos que coloquem seus nomes ou apelidos no final ou inicío da mensagem