domingo, 17 de janeiro de 2021

DOCTOR X aka O MONSTRO - 1932



SINOPSE:

O repórter Lee Taylor (Lee Tracy) está investigando uma série de assassinatos que tiveram lugar ao longo de meses em Nova York. Os assassinatos acontecem na noite de lua cheia, os jornais falam que ele é "o assassino da Lua". Logo após os assassinatos os órgãos são canibalizados. As testemunhas o descrevem como um "monstro" que está com a cara desfigurada.

DIREÇÃO:
Michael Curtiz

ELENCO:
Lionel Atwill as Dr. Jerry Xavier
Fay Wray as Joanne Xavier
Lee Tracy as Lee Taylor
Preston Foster as Dr. Wells
John Wray as Dr. Haines
Harry Beresford as Dr. Duke 
Arthur Edmund Carewe as Dr. Rowitz
Leila Bennett as Mamie
Robert Warwick as Police Commissioner Stevens
George Rosener as Otto

Formato: Avi / DVDRip
Tamanho: 1,2 Gigas
Duração: 76 minutos
Idioma: Inglês
Legendas: Português ( srt na pasta )                    LEGENDAS    POR    KILOKIKO

LINK PARA PASTA NO ULOZ:

LINK GOOGLE:


SENHA PARA DESCOMPACTAR
cinespacemonster



TRAILER




COMENTÁRIOS

Baseado na peça originalmente intitulada The Terror (Nova York, de 1931) de Howard W. Comstock e Allen C. Miller, foi produzido antes do Código de Produção Cinematográfica ser aplicado, então temas como assassinato, estupro, canibalismo e prostituição estão entrelaçados na história. 
O filme foi o segundo longa-metragem da Warner Bros. filmado no processo Technicolor aprimorado, que removeu os grãos e melhorou a cor e a clareza do filme. Esse processo aprimorado foi usado pela primeira vez em The Runaround (1931) e resultou em uma tentativa de reviver as cores pelos estúdios no final de 1931. Devido à apatia do público, no entanto, os estúdios rapidamente se afastaram de seus ambiciosos planos para filmes coloridos, no final de 1932.




Durante a produção, uma versão alternativa em preto-e-branco foi filmada e ainda existe,  a comparação lado a lado mostra que a maioria das tomadas entre os dois são iguais. As diferenças nas tomadas são mínimas, como o improviso de Tracy com um esqueleto no armário e o diálogo de Mae Busch com uma senhora em um bordel. A versão em preto e branco foi oferecida aos expositores (para desânimo do Technicolor) como uma alternativa no lançamento inicial do filme.
Após o sucesso de Doctor X nas bilheterias, a Warner Bros. seguiu com Mystery of the Wax Museum (1933), que também estrelou Fay Wray e Lionel Atwill dirigido por Curtiz.
Mystery também foi filmado em Technicolor para completar o contrato da Warner com eles, mas desta vez a Technicolor garantiu que nenhuma câmera preto e branco estivesse presente e o filme foi o último em duas cores lançado por um grande estúdio




No final da década de 1950, quando o filme foi incluído em um pacote de filmes mais antigos distribuído para a televisão, a versão em Technicolor foi considerada perdida. Nenhuma impressão foi encontrada e o Technicolor descartou a maioria de seus negativos de duas cores em 28 de dezembro de 1948.
Após a morte de Jack L. Warner em 9 de setembro de 1978, uma impressão foi descoberta em sua coleção pessoal. Ela foi copiada para um filme de segurança para preservação, distribuição para cinemas revival e transferência para vídeo. A cópia original do filme de nitrato foi doada ao UCLA Film and Television Archive, que em ocasiões muito raras permitiu que fosse exibida publicamente em instalações devidamente equipadas e licenciadas.




SCREENSHOTS


Um comentário:

Para os que comentam anônimos, por não serem membros, pedimos que coloquem seus nomes ou apelidos no final ou inicío da mensagem